Arte e Comunidade

A Fundação Calouste Gulbenkian acredita no papel que a arte pode desempenhar nos percursos de integração e na construção de comunidades mais coesas.

 

A Fundação Calouste Gulbenkian tem apostado nas práticas artísticas como meio privilegiado para a experimentação de diferentes metodologias de trabalho com vista à inclusão de grupos particularmente vulneráveis ou fragilizados da nossa sociedade.

Acreditamos que as artes e os seus respetivos processos de criação e cocriação artística, que convidam à participação e à mudança, cumprem um papel fundamental de transformação social. 

Em 2013, a Fundação Calouste Gulbenkian lançou o primeiro concurso da iniciativa PARTIS, com vista a apoiar projetos que demonstrassem o papel que as artes (audiovisuais, plásticas ou performativas) podem desempenhar nos percursos de integração e na construção de comunidades mais justas e coesas. Ao longo de 3 edições foram apoiados 48 projetos num total de cerca de 3 milhões de euros de financiamento.

Em 2020, a Fundação Calouste Gulbenkian aliou-se à Fundação ”la Caixa” para lançar a iniciativa PARTIS & Art for Change, que permite reforçar e potenciar o trabalho que ambas as fundações têm vindo a desenvolver nesta área desde há vários anos. A nova iniciativa disponibiliza 1,5 milhões de euros para apoio a projetos artísticos com impacto social em Portugal.

 

Conheça os Projetos