João Pedro Gonçalves é o Jovem Músico do ano 2020/2021

O violoncelista iniciou os seus estudos na Orquestra Geração, um projeto social desenvolvido com apoio da Fundação Gulbenkian.
©Jorge Carmona

Atualmente a frequentar a licenciatura em violoncelo no Real Conservatório de Bruxelas, João Pedro Gonçalves integrou aos 12 anos a Orquestra Geração, um projeto social baseado no El Sistema da Venezuela, que arrancou em 2007, com o apoio da Gulbenkian, numa escola da Amadora e que hoje se estende a 20 escolas na Área Metropolitana de Lisboa e Coimbra. João Pedro Gonçalves prosseguiu os estudos na Academia Nacional Superior de Orquestra, da Metropolitana onde obteve uma bolsa do Programa Tocar Vidas no ano letivo 2017/18. Este programa, gerido pela Orquestra Geração e com financiamento da Fundação Gulbenkian, foi criado para assegurar o acompanhamento e apoio de jovens estudantes envolvidos nas Orquestras Geração e cujo prosseguimento de estudos no ensino secundário e no superior esteja em risco em resultado da sua situação socioeconómica.

Depois de ter sido distinguido na categoria Violoncelo – Nível Superior na edição deste ano do Prémio Jovens Músicos, João Pedro Gonçalves apresentou-se com a Orquestra Gulbenkian no Concerto dos Laureados realizado ontem no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo sido escolhido pelo júri com o Prémio Maestro Silva Pereira – Jovem Músico do Ano, entre seis finalistas.

Assumindo-se “muito feliz, realizado e acima de tudo reconhecido”, João Pedro afirma tratar-se de “uma grande conquista, tanto a nível profissional como pessoal”, acrescentando que “a sensação de estar em palco e pensar que poderia vir a tocar com a Orquestra Gulbenkian, caso ganhasse, foi sem dúvida uma grande motivação”.

No Concerto de Gala de encerramento do festival a realizar sábado à noite no Grande Auditório da Fundação Gulbenkian, João Pedro Gonçalves vai tocar o Concerto para violoncelo em Mi menor, op.85, de Elgar, sob a direção do maestro José Eduardo Gomes.

O Prémio Jovens Músicos é uma iniciativa da RTP/Antena 2 com o apoio da Fundação Gulbenkian.

Saber mais
Atualização em 01 outubro 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.