O Diabo da Serigrafia

Workshop Oficina Arara

Event Slider

Leia as condições de acesso antes de entrar nos espaços da Fundação Gulbenkian.


Introdução curta e grossa à serigrafia / Método directo /Experiências de desenho em alto contraste, recorrendo a técnicas de recorte e desenho-automático / Ensaios de cor e sobreposição de diferentes camadas, explorando a combinação de formas impressas por cada participante / Impressão sobre papel / construção de máscaras.

Oficina Arara Colectivo fundado em 2010. Sediado num beco do Porto, é um laboratório de actividade psicotrópica e de inflamação sónico-visual, equipado para trabalhar em serigrafia sob a mecânica autística da sua Brutemberg. É projectado como um espaço autónomo e aberto de experimentação em torno da produção de cartazes, livros e outras criações, tentando estabelecer uma relação directa, contínua e ininterrupta entre o acto de desenhar e a impressão de múltiplos.

A Oficina Arara abre periodicamente a casa para diferentes momentos de encontro e catarse colectiva, manifestações sinestésicas e exorcismos rituais que são o prolongamento da sua acção, numa reinscrição cíclica de um tempo e de um território comunitário.

 

Fazem parte do ontem e do agora

Miguel Carneiro, Pedro Nora, João Alves, Luís Silva, Bruno Borges, Dayana Lucas, Daniela Duarte, Ruca Bourbon, Von Calhau, Rui Silva, Irina Pereira, Mariya Nesvyetaylo…

Orientado por Miguel Carneiro, João Alves, Bruno Borges


JARDIM DE VERÃO

Num ano em que o Jardim Gulbenkian é, mais do que nunca, um lugar de liberdade, e num tempo marcado pelos desafios à fruição artística, o Jardim de Verão apresenta-se com uma programação transdisciplinar e verdadeiramente eclética, a cargo da ZDB (Galeria Zé dos Bois).

Pensado para “salvaguardar um espaço inclusivo, mantendo uma atenção particular ao usufruto individual”, o programa parte das qualidades do Jardim para explorar vários caminhos que passam pela instalação, pela performance e pela música.

 

Conheça a programação

 

 

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se no direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected]