Coração-mão

De Sofia Neuparth com a Escola de Dança do Conservatório Nacional

Slider de Eventos

O convite feito a Sofia Neuparth para trabalhar com a Escola de Dança do Conservatório Nacional partiu da intenção de proporcionar a jovens alunos a possibilidade de acederem a uma experiência de liberdade na dança, pelo atravessamento de práticas ligadas ou inspiradas pela euritmia e danças livres do início do século, em particular a rítmica dalcrozeana – cuja introdução em Portugal, nos anos 1930, se deve grandemente à ação de mulheres como Cecil Kitkat, Sosso Doukas-Schau e Margarida de Abreu.

“A partir do convite para trazer a “Dança Livre” do princípio do século XX em Portugal ao encontro de um conjunto de bailarines do 1º/2º ano da Escola de Dança do Conservatório Nacional, lancei-me numa viagem em torno do aparecer da expressão de corpos diversos que o final do século XIX/início do século XX ”destapou” no mundo ocidental, mergulhei na complexidade rítmica e melódica que Dalcroze convidou a fisicalizar, e abri-abrimos, lado-a-lado, o sabor da Liberdade na Dança, a sensação do movimento que aparece no entre-corpos e a música que teima em povoar os imaginários de cada umaum. Foi assim nascendo coração-mão… que continue nascendo esse amor.”

— Sofia Neuparth

A intercalar as duas sessões de apresentação desta performance, é realizada uma conversa entre Sofia Neuparth, os alunos da EDCN e Ana Paz, moderada por Ana Dinger.

No mesmo dia, sob o tema das Danças livres, são igualmente apresentadas as performances No body never mind 002, de Ana Borralho e João Galante, e A Boca do Atlas, de Gaya de Medeiros e Ary Zara, seguidas de mais uma conversa com os artistas.

Sofia Neuparth (1962, Lisboa) é diretora do c.e.m. – centro em movimento, organismo que cocriou no final dos anos 1980. Para além de criadora e investigadora nos Estudos do Corpo, do Movimento e do Comum, é também professora de dança com especificidade nas áreas de estudo do Nascer do Gesto (Dança/Fala), da Embriosofia e dos Transpensamentos.

dança não dança

Este evento insere-se no ciclo de (re)performances, filmes e conversas que constitui o primeiro eixo do programa dança não dança – arqueologias da Nova Dança em Portugal. Saber mais


Ficha técnica

Bailarines

Catarina P. Oliveira, Francisco J. Gonçalves, Júlia R. Luis, Leonor M. Medeiros, Lianda Barata, Pilar Noivo, Rafael Simões, Rodrigo Anes, Rodrigo Aparício da Cruz, Rosa Cruz, Daniel Barreto, Guadalupe Miranda, José Jonas Luz, Yasmin Rosa da Silva, Leonor Reis, Mafalda Duarte, Mafalda Dias, Margarida Rocha, M. Frederica Freitas, Matilde N. Castro, Rita Carmo, Salomé M. Wochenmarkt, Samara Daniel, Slava Boncheva, Isadora Dantas

Acompanhamento

Luisa Vendrell, Sofia d’Orey Santiago, Margarida Agostinho, Paula Petreca

Imagem

Olga Miranda

Direção artística

Sofia Neuparth

Apoio

c.e.m. – centro em movimento

Encomenda e produção

dança não dança / Fundação Calouste Gulbenkian

Colaboração institucional

Escola de Dança do Conservatório Nacional

Colaboração

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através do formulário Pedido de Informação.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. Podendo também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.