Cinemas e Independência III

Ciclo de Cinema ao ar livre com a curadoria de Olivier Hadouchi

Slider de Eventos

Qual é a herança, o alcance e o significado das independências africanas – por vezes adquiridas após lutas particularmente violentas e difíceis – para os descendentes de africanos, filhos de impérios desfeitos que vivem na Europa ou em África e mantêm relações com os dois continentes? Mesmo quando surgem indiretamente, as convulsões das guerras pela independência africana alimentam as obras de artistas nascidos várias décadas depois.


FILMES

Ça va, ça va, on continue (2012)
Mathieu Kleyebe Abonnenc / Portugal / 30 min

Através da atriz Bia Gomes, este filme de Mathieu Abonnenc dialoga com o de Flora Gomes, Morte Negada, explorando a função dos registos da guerra colonial, da apropriação da cultura e da voz do outro, da diferença e da identidade. Um filme provocador, cheio de autocrítica.

Com Bia Gomes, Paulo Moura Lopes, Alberto Magassela, Manuela Paulo
Argumento e realização Mathieu Kleyebe Abonnenc
Assistente de realização Ligia Roque
Direção de Fotografia Jorge Leal
Operador de câmara Ricardo Rodrigues e Pierre Passos
Técnico de Som Cristovao Carvalho
Som Martin Salomonsen
Captação e mistura de som Marcus Alexander
Montagem Jorge Leal e Bledar Bujupi
Correção de cor Jamie Parry
Maquilhagem Marla Santos
Tradução Claudia Gonçalves e Camilla Renz
Música “Gay Guerilla” de Julius Eastman, Unjust Malaise, New World Records, 2005
Produção Fundação de Serralves, Museu de Arte Contemporânea; FNAGP – Fondation Nationale des Arts Graphiques et Plastiques; Prix Meurice pour l’art contemporain; Cornerhouse, Manchester

 

Bateau Ivre (2012)
Chafik Allal, Claudio Capanna / Bélgica – Itália – Argélia / 64 min

Um professor, branco, leva os seus alunos, quase todos de origem africana, num passeio de barco pelo canal Bruxelas-Charleroi. Durante a viagem, a conversa leva a reações inesperadas e a temas como a relação norte-sul, a colonização, a procura do nosso lado obscuro, a desilusão do sonho europeu.

Com Jean-Michel Vovk
Voz over Emilie Marechal
Direção de fotografia Valentina Summa, Benjamin Morel
Montagem Laurence Vaes
Som Jean-Luc Fichefet
Produção executiva Chafik Allal, Claudio Capanna, Pacha Films com o apoio de Collectif Paulo Freire, Atelier Alfred


Jardim de Verão: Ciclo de Cinema

Este ciclo de cinema ao ar livre realiza-se em 6 sessões no âmbito da exposição Europa Oxalá e está integrado na programação do Jardim de Verão 2022.

Saber mais

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.