14 maio 2019

Dois dias dedicados a Sophia

Três dezenas de especialistas reúnem-se num colóquio internacional para discutir e estudar a obra da poetisa, como forma de celebrar o centenário do seu nascimento.

Sophia de Mello BreynerFotografia de Fernando Lemos

Trinta e cinco intervenientes – entre poetas e poetisas, professores de Literatura, gestores culturais e outras personalidades com ligações ao mundo da literatura e das artes –, nacionais e estrangeiros, encontram-se na Fundação Calouste Gulbenkian, a 16 e 17 de maio, para debater e estudar a obra de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Este encontro, que ocorre como forma de celebrar o centenário do nascimento da poetisa, será composto por duas dezenas de intervenções (distribuídas por quatro painéis) e quatro mesas-redondas, dedicadas aos temas “O Espaço”, “Os Outros Poetas”, “A Política” e “Arte e Poética”.

O Colóquio, organizado pelo Centro Nacional de Cultura, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, será um momento privilegiado para o estudo e debate de uma obra essencial da literatura moderna portuguesa.

Ver programa