Carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.
  • Conferência

Sophia de Mello Breyner Andresen

II Colóquio Internacional

Quando

16 maio 2019 – 17 maio 2019
9:30 até 18:30

Onde

Edifício Sede – Auditório 2
Av. de Berna, 45A , Lisboa
217 823 000
Google Maps »

Bilhetes

Entrada livre

PROGRAMA

9:30   Abertura

Guilherme d’Oliveira Martins, 
Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian

Maria Andresen de Sousa Tavares, 
Coordenadora das Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen

Fernando Cabral Martins, 
Professor na Universidade Nova de Lisboa

Augusto Santos Silva,
Ministro dos Negócios Estrangeiros

10:00   Mesa-redonda 1: O Espaço

Frederico Lourenço, 
Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Fátima Freitas Morna (moderadora), 
Doutorada em Literatura Portuguesa pela Universidade de Lisboa, em cuja Faculdade de Letras leciona e dirige cursos de Mestrado e Doutoramento em Estudos Portugueses e Românicos

11:15   Pausa para café

 

11:30   Painel I

Adília sobre Sophia

Adília Lopes,
Poeta. Licenciada em Literatura e Linguística Portuguesa e Francesa (1988), especializada em Ciências Documentais (1995) pela Faculdade de Letras de Lisboa

Breve, preciso, indefinido – o apelo

Silvina Rodrigues Lopes, 
Professora catedrática da Faculdade de Ciências Socias e Humanas da Universidade Nova de Lisboa onde ensina Literatura

O rapaz de bronze no tempo dividido

Helder Macedo, 
Professor catedrático emérito da Universidade de Londres, King’s College, e Research Fellow da Universidade de Oxford

“O caminho para a minha casa” – processo poético e finalidade existencial na obra de Sophia

Helmut Siepmann, 
Professor jubilado da Universidade Técnica (RWTH) de Aachen, Presidente da Sociedade Alemã para os Países Africanos de Língua Portuguesa (DASP) e Diretor do departamento português do Centro Mundo Lusófono na Universidade de Colónia

Poesia e realidade: a prosa de Sophia de Mello Breyner Andresen

Carlos Mendes de Sousa, 
Professor na Universidade do Minho. Tem-se dedicado especialmente ao estudo da literatura brasileira e da poesia portuguesa moderna e contemporânea

Eucanãa Ferraz (moderador)

13:00   Pausa para almoço

 

14:30   Painel II

Encantamentos: entre Sophia de Mello Breyner Andresen e Cristina Campo

Pedro Eiras,
Professor de Literatura Portuguesa na Universidade do Porto e Investigador do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa

Sophia e os cem anos da poesia de autoria feminina em Portugal

Anna M. Klobucka, 
Professora nos Departamentos de Português e de Women’s and Gender Studies da Universidade de Massachusetts Dartmouth (EUA)

Nas entrelinhas do texto: pensar a questão da autoria feminina em Sophia

Claúdia Pazos-Alonzo, 
Professora de Portuguese and Gender Studies na Universidade de Oxford, onde dirige o Mestrado interdisciplinar de Estudos sobre a Mulher. É Vice‑Presidente
da AIL

Sophia e Szymborska: o fio de linho da palavra

Paola Poma, 
Professora de Literatura Portuguesa na Universidade de São Paulo. Atualmente organiza um livro intitulado Singular/Plural Sophia de Mello Breyner Andresen, para a editora 7 Letras

Sophia Poetisa

Maria Lúcia Dal Farra, 
Poeta e ensaísta. Professora Titular de Literatura Portuguesa na Universidade Federal Sergipe e investigadora (CNPq)

Joana Matos Frias, moderadora

16:00   Pausa para café

 

16:15   Mesa-redonda 2: Os outros poetas

Richard Zenith,
Investigador, ensaísta, tradutor e organizador de numerosas edições de Fernando Pessoa

Federico Bertolazzi, 
Professor de Literatura portuguesa na Universidade de Roma Tor Vergata onde é também responsável científico da Cátedra Agustina Bessa-Luís

Paula Morão, 
Professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Diretora do ICLP (Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, FLUL)

Fernando Cabral Martins (moderador), 
Professor na Universidade Nova de Lisboa

 

18:00   Fim do 1º dia

9:30   Mesa-redonda 3: A Política

Guilherme d’Oliveira Martins, 
Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, Presidente do Grande Conselho do Centro Nacional de Cultura e Professor Universitário Convidado

José Manuel dos Santos, 
Escritor, curador, programador e gestor cultural, Administrador e Diretor Cultural da Fundação EDP, Administrador da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva e Diretor da Trienal de Arquitetura de Lisboa

José António Pinto Ribeiro, 
Membro do Conselho Superior do Ministério Público. 

Ana Luísa Amaral (moderadora), 
Poeta. Professora aposentada da Faculdade de Letras do Porto e membro da Direcção do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa

11:00   Pausa para café

 

11:15   Painel III

A Grécia: nudez e revelação poética

José Pedro Serra, 
Professor catedrático no Departamento de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Autor de vários artigos e conferências na área da cultura, da literatura e da filosofia. Diretor da Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Sophia: obra traduzida e receção na imprensa espanhola

Filipa Soares, 
Professora na Universidade Autónoma de Madrid, responsável do Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões de Madrid e Coordenadora de Ensino do Português no Estrangeiro para Espanha e Andorra

Did you say Byron or Breyner?: falas e falácias românticas

Joana Matos Frias, 
Professora na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Investigadora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa

“Brasília” - o poema - revisitado

Jorge Fernandes da Silveira,
Licenciado em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutorado em literatura portuguesa pela mesma instituição e pós-doutorado em literatura de viagens pela Brown University. Investigador e autor

A Dinamarca de Sophia

Fernando J. B. Martinho, 
Professor aposentado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Investigador e autor de ensaios e de poesia

Federico Bertolazzi, moderador

13:00   Pausa para almoço

 

15:00   Painel IV

Com a presença de Sua Excelência o Presidente da República

Mário Cesariny leitor de Sophia de Mello Breyner Andresen

Perfecto Cuadrado, 
Catedrático de Filologias Galega e Portuguesa da Universidade das Ilhas baleares. Coordenador do Centro Português do Surrealismo, Diretor da Cátedra “Mário Cesariny”. Investigador, crítico e tradutor

A veemência do visível. Para uma leitura do “diáfano” na poesia de Sophia

Emília Pinto de Almeida,
Licenciada em Estudos Portugueses e mestre em Filosofia pela FCSH-UNL. Bolseira FCT, finaliza actualmente o doutoramento em História da Arte, sobre a obra de Mário Cesariny

Geografias de Sophia: paisagem, viagem e deslocamento

Pedro Lopes de Almeida,
Aluno do programa de doutoramento e Teatching Assistant na Brown University. Autor e investigador

Projeto: derivações e deriva

Sofia Sousa Silva, 
Leciona na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro e é colaboradora do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa da Universidade do Porto

A expiração essencial

Gustavo Rubim

Carlos Mendes de Sousa,
 moderador

16:30   Pausa para café

16:45   Mesa-redonda 4: Arte e Poética

João Queiroz, 
Pintor. Vencedor do Prémio AICA 2011 e do Prémio EDP de desenho em 2000.

Maria Filomena Molder, 
Professora Catedrática em Estética pela Universidade Nova de Lisboa e Investigadora do Instituto de Filosofia da Linguagem da mesma universidade

Rosa Maria Martelo, 
Professora de Literatura Portuguesa e Estudos Interartísticos na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e investigadora do Instituto de Literatura Comparada
Margarida Losa

Maria Andresen de Sousa Tavares (moderadora),
Poeta e tradutora. Coordenadora do sítio web “Sophia de Mello Breyner Andresen”, integrado no Portal da Biblioteca Nacional de Portugal e Professora Aposentada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

18:30   Encerramento

Maria Andresen Sousa Tavares, Coordenadora das Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen

Guilherme d’Oliveira Martins, Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian

Maria Calado, Presidente do Centro Nacional de Cultura

Graça Fonseca, Ministra da Cultura

 

Transmissão em direto

 

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz durante o “II Colóquio Internacional Sophia de Mello Breyner Andresen”, para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de privacidade@gulbenkian.pt.

 

 

Logo Centenario Sophia

Informação Relacionada

Em agenda