Ana Hatherly. Desenho e Pintura sobre Papel, Anos 60 e 70

Exposição de natureza antológica que revisita as duas primeiras décadas da produção artística de Ana Hatherly (1929-2015), destacando um conjunto de trabalhos inéditos produzidos em Londres, entre as décadas de 1960 e 1970. Trata-se de desenhos e pinturas sobre papel, de pequeno formato, intensamente coloridos.
Retrospective exhibition covering the first two decades of Ana Hatherly’s (1929-2015) artistic career. The show featured previously-unknown works, particularly small-scale, brightly-coloured drawings and paintings on paper, produced in London during the 1960s and 70s.

Apresentada na área de exposições rotativas do piso 0 do Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão (CAMJAP), esta mostra foi comissariada por Ana Vasconcelos e Melo, que no final de 2005 apresentou no Centre Culturel Calouste Gulbenkian, em Paris, a exposição «Ana Hatherly. Dessins, Collages et Papiers Peints», a partir do mesmo núcleo de obras. Deste, faziam parte desenhos e pinturas sobre papel, de pequeno formato, intensamente coloridos, que a artista-poeta começou a desenvolver em meados dos anos 60, de forma despreocupada, a par das suas experiências no âmbito do concretismo e da poesia visual. Estes trabalhos íntimos são, como explica Hatherly, «une expérience faite pour moi toute seule, sans désir d'une quelconque diffusion» (Ana Hatherly. Dessins, Collages et Papiers Peints, 2005, p. 7). Produzidos sem o intuito de serem expostos, estes desenhos e pinturas seriam, todavia, incorporados na coleção do CAMJAP por doação da artista em 1991.

Além de usarem cor – atributo que posteriormente se pautará pela contenção, ficando restrito a casos pontuais e a um pequeno número de cores, como o vermelho –, estes trabalhos caracterizam-se por ser figurativos ou possuir elementos figurativos, como é o caso dos retratos imaginários e autorretratos, das representações do mar, ou ainda da série Metamorfoses da Romã (1971). No entanto, nesta última série assiste-se à transição da figuração para a abstração. Se, numa primeira fase, a forma é definida através de um desenho linear, esta é progressivamente desconstruída por meio de uma série de experiências plásticas.

A variedade de materiais experimentados é igualmente definidora desta fase. Como a artista conta: «Sempre utilizei muito bons materiais, o que era facilitado por estar em Inglaterra. Usava os postais dos correios porque a cartolina era muito boa e não esborratava. Experimentava diferentes papéis e tintas, coisas lindas, e depois desenhava por cima.» (Rêgo, JL. Jornal de Letras, Artes e Ideias, 2 fev. 2005, p. 33) Esta atitude experimental em relação aos materiais é evidenciada na mostra por duas vitrinas, nas quais se encontram dispostos, além de uma pequena caixa com material de desenho, um caderno de esboços, produzido pela reputada marca inglesa Daler-Rowney, aberto numa página que revela experiências cromáticas da artista, e um caderno de colagens feitas a partir das folhas em que as canetas de ponta de feltro eram testadas. Estas folhas pertenciam, curiosamente, à maqueta do livro Mapas da Imaginação e da Memória (1973), também aqui exposto.

De forma a dar a conhecer o interior destes cadernos e do livro, evitando o seu manuseamento, por razões de conservação, procedeu-se ao seu registo fotográfico para exibição num pequeno ecrã instalado na parede das vitrinas. Observando estes esboços e colagens, torna-se evidente que Hatherly começava por preencher densos campos de cor, com recurso a marcadores, guaches, aguarelas, lápis de cera, sobre os quais posteriormente desenhava e, por vezes, fazia colagens e/ou introduzia pequenos textos. Deste processo resultavam não só trabalhos figurativos, mas também abstratos. Nestes casos, a total ou parcial ilegibilidade dos elementos de texto é justificada por Hatherly do seguinte modo: «Ali estão coisas que eu tinha de dizer. […] precisava de desabafar e fazia-o ali. Ninguém consegue ler porque não quero que se leia. Eu própria já não consigo e não me importo.» (Ibid.) São estes elementos textuais que permitem fazer uma ponte entre estes trabalhos e a principal via do percurso artístico de Hatherly, os «desenhos-escritas» aqui expostos e reunidos em Mapas da Imaginação e da Memória.

Esta exposição revelava, portanto, que nos «intervalos» das suas exigentes pesquisas dedicadas à escrita enquanto signo visual, Hatherly se divertia, distraía ou apoiava (em momentos mais difíceis) nesta prática, simultaneamente lúdica e catártica. Sendo estas duas atividades coetâneas, os «desenhos-escritas» não podiam estar ausentes desta exposição.

Ao longo dos anos 60, Ana Hatherly desenvolveu um estudo metódico da caligrafia chinesa, ao qual se seguiram pesquisas de outras escritas do Oriente e Médio Oriente, do Norte de África e da Escandinávia, aqui representadas através de pequenas pinturas sobre papel, nas quais uma profusão de signos a negro se sobrepõe ao fundo vermelho. O uso da cor leva a curadora a ligar estes trabalhos aos anteriormente descritos, apesar de a sua linguagem ser bastante distinta.

No extremo oposto da sala são expostas as experiências posteriores com escrita cursiva. Nos anos 70, Ana Hatherly virou-se para a escrita latina, procedendo então à «abstracção do conhecimento da língua que ela podia representar e à qual estava ligada» (Mapas da Imaginação e da Memória, 1973). O resultado, como demonstram uma série de trabalhos expostos, é a dissolução progressiva da legibilidade da sua própria escrita, de modo a ser observada apenas enquanto gestualidade. Alguns destes trabalhos tinham sido integrados na coleção do CAMJAP no ano anterior à exposição, uma vez mais por doação da artista. Esse é também o caso dos «mapas» que abrem a mostra, datados de 1964. Uma espécie de diagramas, estruturas rizomáticas, ou aglomerados com a aparência de combinações moleculares, esta tipologia é vastamente desenvolvida pela artista, como demonstram outros desenhos selecionados.

Por fim, um grupo eclético de trabalhos a preto-e-branco fecha a exposição. Aqui, são expostos, lado a lado, a série Paisagem Interior (1971-1973), marcada pela ausência da escrita, e trabalhos como Sonhando longamente contigo (s.d.), nos quais a escrita é protagonista, mostrando a diversidade e permanente experimentação que caracterizam a obra de Ana Hatherly.

À semelhança das outras exposições rotativas, também esta não possuiu uma publicação associada; no entanto, a maioria das obras expostas figurou na exposição «Ana Hatherly. Dessins, Collages et Papiers Peints», que teve lugar no Centre Culturel Calouste Gulbenkian, em Paris, no final do ano 2005. No catálogo que a acompanha é publicada uma entrevista à artista-poeta, conduzida pela curadora Ana Vasconcelos, na qual são revelados importantes detalhes sobre estes trabalhos.

Por outro lado, os resultados das investigações académicas levadas a cabo por Ana Hatherly sobre a história e a teoria da poesia visual, e que serviram de base de reflexão para a sua produção artística, foram apresentados na conferência «Relações entre Palavra e Imagem. Passado e presente do texto visual».

Esta exposição teve alguns ecos na imprensa, destacando-se o artigo «Inéditos de Ana Hatherly», de Ana Vitória, que inclui depoimentos da curadora (Vitória, Jornal de Notícias, 8 jan. 2005), e o texto de Rocha de Sousa que revisita o percurso artístico de Hatherly (Sousa, JL. Jornal de Letras, Artes e Ideias, 27 abr. 2005, p. 27). Merece ainda referência a breve mas relevante entrevista conduzida por Francisca Cunha Rêgo por ocasião desta exposição e publicada no JL. Jornal de Letras, Artes e Ideias (Rêgo, JL. Jornal de Letras, Artes e Ideias, 2 fev. 2005, p. 33).

Mariana Roquette Teixeira, 2019


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

"da desigualdade constante dos dias de Leonor"

Ana Hatherly (1929-2015)

"da desigualdade constante dos dias de Leonor", Setembro de 1972 / Inv. 04DP2004

A "Romã"

Ana Hatherly (1929-2015)

A "Romã", c. 1971 / Inv. DP1484

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1468

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1469

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1972 / Inv. DP1471

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1472

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1473

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1474

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, c. 1971 / Inv. DP1475

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, c. 1971 / Inv. DP1485

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, 1971 / Inv. DP1982

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, 1971 / Inv. DP1983

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, 1971 / Inv. DP1984

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, 1971 / Inv. DP1985

A Romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A Romã, 1971 / Inv. DP1986

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1476

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, 1971 / Inv. DP1477

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, Inv. DP1478

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, c. 1971 / Inv. DP1479

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, c. 1971 / Inv. DP1480

A romã

Ana Hatherly (1929-2015)

A romã, c. 1971 / Inv. DP1482

As doenças

Ana Hatherly (1929-2015)

As doenças, 1971 / Inv. DP1458

Auto - Retrato

Ana Hatherly (1929-2015)

Auto - Retrato, 1971 / Inv. DP1716

Auto - Retrato

Ana Hatherly (1929-2015)

Auto - Retrato, 1972 / Inv. DP1717

Auto - Retrato à la Matisse

Ana Hatherly (1929-2015)

Auto - Retrato à la Matisse, 1971 / Inv. DP1718

Auto-retrato

Ana Hatherly (1929-2015)

Auto-retrato, c. 1971 / Inv. DP1462

Chimneys of London with flying kites and a columm of smoke

Ana Hatherly (1929-2015)

Chimneys of London with flying kites and a columm of smoke, 1972 / Inv. DP1463

Escrita Descendente

Ana Hatherly (1929-2015)

Escrita Descendente, 1979 / Inv. 04DP2001

Fortitude

Ana Hatherly (1929-2015)

Fortitude, 1971 / Inv. DP1995

Kites in Hampstead Heath

Ana Hatherly (1929-2015)

Kites in Hampstead Heath, Inv. DP1460

Metáfora da "mão inteligente"

Ana Hatherly (1929-2015)

Metáfora da "mão inteligente", 1975 / Inv. 04DP2003

O Mar

Ana Hatherly (1929-2015)

O Mar, 1971 / Inv. DP1996

O poeta imaginado: ou como ele é imaginado pelos outros

Ana Hatherly (1929-2015)

O poeta imaginado: ou como ele é imaginado pelos outros, Londres, Junho de 1972 / Inv. DP1443

Os mistérios da mente

Ana Hatherly (1929-2015)

Os mistérios da mente, Agosto de 1971 / Inv. DP1466

Portrait of Someone I Saw - 71 (à la Matisse)

Ana Hatherly (1929-2015)

Portrait of Someone I Saw - 71 (à la Matisse), 1971 / Inv. DP1994

Retrato de George Orwell

Ana Hatherly (1929-2015)

Retrato de George Orwell, 1971 / Inv. DP1444

Retrato de Lautreamont

Ana Hatherly (1929-2015)

Retrato de Lautreamont, 1971 / Inv. DP1446

Retrato de Manuel de Lima

Ana Hatherly (1929-2015)

Retrato de Manuel de Lima, 1971 / Inv. DP1445

S/ Título

Ana Hatherly (1929-2015)

S/ Título, 1974 / Inv. 05DP2420

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1964 / Inv. 04DP1999

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1971 / Inv. DP1461

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1972 / Inv. DP1464

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1971 / Inv. DP1451

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, Inv. DP1447

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1971 / Inv. DP1448

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, Inv. DP1449

s/título

Ana Hatherly (1929-2015)

s/título, 1971 / Inv. DP1450

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1974 / Inv. DP1992

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP1980

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1974-93 / Inv. DP1981

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1971 / Inv. DP1993

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1964 / Inv. 04DP1997

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1964 / Inv. 04DP1998

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1995 / Inv. 04DP2000

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, Agosto de 1969 / Inv. 04DP2002

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2005

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2006

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2007

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2008

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2009

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2010

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2011

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1972 / Inv. DP2012

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1974 / Inv. DP1987

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1974 / Inv. DP1988

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1974 / Inv. DP1989

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1970 / Inv. DP1990

sem título

Ana Hatherly (1929-2015)

sem título, 1971 / Inv. DP1991

sonhando longamente contigo

Ana Hatherly (1929-2015)

sonhando longamente contigo, Inv. 04DP2026

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, 1971 / Inv. DP1493

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, 1971 / Inv. DP1452

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, 1971 / Inv. DP1453

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, Inv. DP1454

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, Inv. DP1456

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, Inv. DP1455

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, Inv. DP1457

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, c. 1972-1973 / Inv. DP1442

Título desconhecido

Ana Hatherly (1929-2015)

Título desconhecido, Junho de 1971 / Inv. DP1465

Sem título

António Areal (1934-1978)

Sem título, (1969) / Inv. DP1515

Sem título

António Areal (1934-1978)

Sem título, 03 de Setembro de 1969 / Inv. DP1514


Eventos Paralelos

Visita(s) guiada(s)

Visitas de Fim-de-Semana

abr 2005 – jun 2005
Fundação Calouste Gulbenkian / Centro de Arte Moderna
Lisboa, Portugal
Conferência / Palestra

Relações entre Palavra e Imagem

31 mai 2005
Fundação Calouste Gulbenkian / Edifício Sede – Zona de Congressos
Lisboa, Portugal

Material Gráfico


Fotografias


Documentação


Imprensa


Fontes Arquivísticas

Arquivo Digital Gulbenkian, Lisboa / ID: 112217

Coleção fotográfica, cor: aspetos (FCG) 2005


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.