Imunidade: a chave para o regresso à normalidade?

Ciclo Variável Mundo Novo

Slider de Eventos

Alcançar imunidade, individual e de grupo, parece ser chave para o regresso à vida ativa mas enquanto não existe uma vacina, como é que conseguimos alcançar uma situação mais segura?

Nesta sessão vamos explorar a questão da imunidade e discutir possíveis alternativas para a abertura do país, cujas implicações éticas e sociais devem ser discutidas por todos, objeto de uma discussão alargada. Devemos aceitar “passaportes de imunidade”? Dispositivos de vigilância e de contacto de proximidade? Se sim, por quem e até quando?


TRANSMISSÃO 


Programa

Moderação de Mónica Bettencourt-Dias

Carlos Moedas, Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian
Thiago Carvalho, Imunologista, Fundação Champalimaud
Susana Peralta, Professora da NOVA School of Business and Economics (NOVA SBE)
Joana Gonçalves Sá, Professora NOVA School of Business and Economics (NOVA SBE), Coordenadora da Iniciativa Ciência e Sociedade, IGC
André Peralta-Santos, Médico, Consultor da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública e Universidade de Washington


SOBRE O CICLO

Este ciclo de três sessões vai explorar a ligação entre a ciência e a sociedade como uma ferramenta fundamental para superar a crise e para construir uma nova realidade.  Nestes tempos excecionais que vivemos, esta ligação é mais clara do que nunca. Quando conseguirmos superar esta pandemia será graças à ciência, às vacinas, aos modelos matemáticos, mas também graças ao comportamento dos cidadãos e das decisões dos nossos políticos.

O Ciclo Variável Mundo Novo é organizado pelo Instituto Gulbenkian de Ciência e está integrado no Programa Ciência Aberta a Oeiras, uma parceria entre o Instituto Gulbenkian de Ciência, o Instituto de Tecnologia Química e Biológica e a Câmara Municipal de Oeiras. 

 

Saber mais

EM PARCERIA