Melhoria do diagnóstico e tratamento das doenças oncológicas em Cabo Verde

Cuidados integrados em Oncologia

Área de atuação: Oncologia
Gestor e financiador: Fundação Calouste Gulbenkian
Parceiros técnicos: IPATIMUP e dos Institutos Portugueses de Oncologia Dr. Francisco Gentil de Lisboa e do Porto
Localização: Ilha de Santiago e Ilha de S. Vicente, Cabo Verde
Beneficiários: Profissionais de saúde cabo-verdianos
Duração: 2018 – 202o
ODS:  3. Saúde de qualidade

Mamógrafo do Hospital Batista de Sousa, Mindelo
Bolseiras de ginecologia de Cabo Verde no IPO Lisboa

No seguimento do projeto piloto “Rastreio de base populacional do cancro do colo do útero em Cabo Verde” entre 2016 e 2017, e em articulação com o “Plano estratégico nacional de controlo do cancro 2018-2022” de Cabo Verde, este projeto prevê a realização de 21 estágios de formação especializada de profissionais de saúde de Cabo Verde em Portugal e 34 profissionais formados localmente, bem como o reforço do equipamento clínico especializado, no Hospital Central da Praia – Dr. Agostinho Neto e no Hospital Dr. Baptista de Sousa, no Mindelo.

 

Resultados a alcançar

  • diagnóstico em Anatomia Patológica e Imagiologia dos dois hospitais;
  • condições de tratamento cirúrgico e quimioterapêutico no Hospital Agostinho Neto;
  • condições de rastreio e a prestação de cuidados ao doente oncológico em ambos os hospitais;
  • condições de registo oncológico

Relacionado

 

Projeto Onco Cabo Verde mereceu avaliação “muito positiva”

O projeto “Oncologia Cabo Verde”, da Fundação Gulbenkian, trabalha desde 2018 para melhorar os cuidados de saúde na área da oncologia, em Cabo Verde.

Ver Notícia

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para as seguintes metas

 

Meta 3.4

Reduzir a mortalidade prematura por doenças não transmissíveis, via prevenção e tratamento

 


Informação Relacionada

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.