Anne Teresa de Keersmaeker, Amandine Beyer / Rosas, Gli Incogniti

Mystery Sonatas / For Rosa

Slider de Eventos

A música e a geometria sempre foram centrais na obra de Anne Teresa De Keersmaeker. Em Mystery Sonatas/ For Rosa (2022), esses interesses juntam-se na figura da rosa, símbolo antigo do segredo e do mistério. A rosa também significa resistência – cada rosa tem os seus espinhos: o corpo dançante, como indivíduo ou comunidade, torna-se um ato de resistência.

Escritas por volta de 1676 por Heinrich Ignaz Franz Biber, as Sonatas de Mistérios são uma tradução musical dos Mistérios Sagrados da vida da Virgem. Compostas para a prática religiosa e à semelhança do rosário, estes mistérios são divididos em três ciclos: cinco sonatas alegres, cinco dolorosas e cinco sonatas gloriosas. A peça recorre à scordatura, uma técnica altamente virtuosa e executada ao vivo pela violinista Amandine Beyer e seu conjunto Gli Incogniti.

Mystery Sonatas é dedicado a mulheres de resistência – Rosa Bonheur, Rosa Luxemburg, Rosa Parks, Rosa Vergaelen e Rosa, a ativista climática de 15 anos que morreu nas enchentes belgas de 2021.

Parceria

Definição de Cookies

Definição de Cookies

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. Podendo também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.