Obras Sobre Religião

David Hume

O presente volume reúne as duas principais obras de David Hum e sobre filosofia da religião, deixando de lado apenas textos de menor dimensão como os ensaios “Da Imortalidade da Alma” e “Da Superstição e do Entusiasmo”, incluídos no volume dos Ensaios Morais, Políticos e Literários […]. Os Diálogos sobre a Religião Natural começaram a ser compostos pelo autor por volta de 1750, provavelmente em continuidade com o capítulo “De uma Providência Particular e de um Estado Futuro” da Investigação sobre o Entendimento Humano […]. Dificuldades várias, adiante comentadas, impediram Hume e de publicar esta obra, que reuniu pela última vez no ano da sua morte (1776) e só foi publicada postumamente, em 1779. É portanto “de direito” anterior à História Natural da Religião, embora esta tenha sido publicada em 1757. […]

Os Diálogos são de longe a principal discussão crítica que se escreveu sobre a “religião dos filósofos” que dominou a cena também científica do século XVII ao XIX, e desenvolvia uma argumentação que encontrava na ordem e adaptação visíveis na natureza as únicas provas indiscutíveis da existência de Deus – “provas a posteriori“- valorizadas muito acima das “provas a priori” e da religião revelada. Newton foi talvez o mais notório dos partidários dessa argumentação teológica centrada no célebre “argumento do desígnio” para o qual existe no mundo um manifesto desígnio ou projeto do criador, que constitui a prova decisiva da sua existência. […]

A História Natural da Religião é também uma obra de grande valor, talvez a principal precursora da crítica desenvolvida por Feuerbach em A Essência do Cristianismo, por um lado, e por outro o modelo primitivo do que mais tarde viria a ser chamado sociologia da religião, setor onde hoje tenderíamos, talvez, a incluí-la mais do que propriamente na esfera da filosofia. Mas não atinge a grandeza dos Diálogos, quer em amplitude de argumentação quer em valor filosófico […].

 

(Da introdução de João Paulo Monteiro)

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Trad. de Pedro Galvão, Francisco Marreiros; rev. de João Paulo Monteiro

Edição:
1ª ed.
Coordenação editorial:
Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Educação e Bolsas
Editado:
Lisboa, 2005
Dimensões:
220 mm x 140 mm
Capa:
Encadernado
Páginas:
260 p.
Título Original:
Dialogues concerning natural religion
ISBN:
"972-31-1123-3 "

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.