Consolação às Tribulações de Israel – II

Samuel Usque – Samuel Usque

Samuel Usque, nascido em Lisboa, cerca de 1495-1500, faleceu em data incerta na Itália. Escreveu em português a Consolação às Tribulações de Israel, livro editado na tipografia do irmão, Abraão Usque, em Ferrara, no ano de 1553. Da sua vida quase tudo se ignora, a não ser o pouquíssimo que de si mesmo escreveu na sua obra-prima.

A obra é dedicada a Gracia Nasi, cristã-nova portuguesa nascida em Lisboa por volta de 1510, em pleno reinado de D. Manuel I, protetora dos judeus e dos marranos seus compatriotas. […] Samuel Usque compara D. Gracia Nasi ao próprio sol, cuja luz fecunda todas as plantas da Terra. Ele mesmo se considera, em relação à ilustre senhora a quem presta a sua homenagem, a sua feitura.

Dirigido «aos senhores do desterro de Portugal», o Prólogo trata «da ordem e razão do livro». Escrito, portanto, para explicar, aos judeus portugueses da diáspora, os motivos profundos que estão na génese da Consolação. Pela elevação cultural dos motivos explicitados ou simplesmente aludidos e pelo alto nível artístico do estilo, este breve capítulo vestibular pode considerar-se como um pórtico admirável cujos primores não desmerecem da obra-prima que anunciam.

O Prólogo representa […] uma síntese de toda a obra nos seus objetivos essenciais, intimamente ligados ao propósito de interpretar, numa perspetiva profética, a história dos sofrimentos do povo eleito, em adesão total ao magistério da Sagrada Escritura. […] Um ato de fé no Deus justo e bondoso de Abraão, de Isaac e de Jacob, assim como um ato de esperança no destino glorioso do seu povo na história do mundo.

Samuel Usque adota […] uma atitude cautelosa, não vão os mestres da Lei dizer que ele se arroga luzes sobrenaturais que não tem. O respeito da autoridade e a fidelidade a uma rigorosa ortodoxia são adotados. A Consolação não é um poema épico, e mais se assemelharia a uma tragédia se não pulsasse nas suas páginas a força seminal, histórica e antropologicamente otimista da esperança.

 

(Do texto introdutório de Yosef Hayim Yerushalmi)

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Estudos introdutórios de Yosef Hayim Yerushalmi e José V. de Pina Martins

Idioma:
Português
Coordenação editorial:
Fundação Calouste Gulbenkian
Editado:
Lisboa, 1989
Título Original:
Consolação às Tribulações de Israel - II
ISBN:
972-31-0729-5_II
Atualização em 08 setembro 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.