Obras completas III: Tempo e poesia

Eduardo Lourenço

Publicada em 1974, a obra Tempo e Poesia constitui uma obra de referência, sendo considerada pelo coordenador deste volume, Carlos Mendes de Sousa, a mais importante obra sobre poesia alguma vez editada em Portugal.

Esta obra de referência surge integralmente reproduzida na primeira parte deste volume, mantendo os seus dois capítulos, um dedicado à poesia mítica, e outro, intitulado A Imagem no tapete, composto por ensaios sobre o modernismo português e sobre poetas como Miguel Torga, Eugénio de Andrade, Vitorino Nemésio e António Ramos Rosa, entre outros temas.

As restantes partes deste terceiro volume das Obras Completas de Lourenço reúnem textos inéditos ou dispersos em jornais, revistas, prefácios ou incluídos em volumes coletivos, sobre alguns dos mais relevantes poetas e movimentos poéticos nacionais. A edição conjunta destes textos mostra, de acordo com o coordenador, “filões muito interessantes do ponto de vista dos eixos de coerência no ensaísmo de Eduardo Lourenço”, podendo-se encontrar “recorrências”, “prolongamentos” ou “retomas”, “desenvolvimentos” ou “comentários”.

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Coord. e introd. de Carlos Mendes de Sousa

Edição:
1ª ed.
Coordenação editorial:
Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Educação e Bolsas
Editado:
Lisboa, 2016
Dimensões:
230 mm x 180 mm
Capa:
Encadernado
Páginas:
829 p.
ISBN:
978-972-31-1581-9

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.