Ensaios e Artigos (1951-2007). Vol. II

Agustina Bessa-Luís

Segundo de três volumes que reúnem 56 anos de colaboração de Agustina Bessa-Luís com a imprensa, sob a forma de textos publicados em diversos órgãos de comunicação social, laboriosamente recuperados por Lourença Baldaque que aqui faz prova de um profissionalismo e uma dedicação a todos os títulos notável. A obra é acompanhada de um completíssimo Índice de Títulos e um não menos completo Índice de Publicações.

Este segundo volume agrupa os dez anos seguintes (1980-1990) aos primeiros 28 anos inscritos no anterior, continuando a privilegiar o estilo folhetinesco, o conto, a crónica (particularmente a de viagem, que lhe é cara) e o ensaio, mas o interesse por artigos de opinião política ou social, começa, nesta fase, a ampliar-se.

São colaborações mais regulares e consistentes, no O Comércio do Porto em 1980 e pontualmente na Tribuna, e no Expresso; em 1981 a colaboração regular, prossegue com uma ou outra incursão em revistas como a Colóquio/Letras, a Raiz e Utopia ou a Persona, e com O Jornal, que se não comparam à assiduidade com que escreve no Jornal de Letras; em 1982 o ritmo desacelera e colabora quase exclusivamente com o JL, excetuando três pequenos textos, respetivamente no Expresso, em O Jornal e no DN, assim se mantendo nos dois anos seguintes, eventualmente no Semanário. Em 1985, uma viragem e Agustina colabora na Grande Reportagem e começa a publicar as Cartas do Campo Alegre (I-XII) no Diário de Notícias; nos seis primeiros meses de 1986 continuam as suas Cartas do Campo Alegre (XIII-XXV), mas a 15 de junho, ao assumir a direção de O Primeiro de Janeiro, passa a publicar dois editoriais por semana e a coluna Par e Ímpar durante quase todo o ano de 1987. Depois de pausa, a finais de 1988 a escritora inicia uma série de retratos (21) no Independente. O termo de 1989, e todo o ano de 1990, marca a estreita colaboração de Agustina com O Liberal mas, com a rutura da mesma, em fevereiro de 1990, inicia-se a segunda série das Cartas do Campo Alegre (I-XXXV), tendo ficado o terceiro trimestre votado a uma intervenção no JL e nos três primeiros números da revista K.

 

O preço corresponde aos três volumes da obra, que são vendidos em conjunto.

 

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Recolha e organização: Lourença Baldaque

Edição:
2.ª
Idioma:
Português
Editado:
Lisboa, 2017
Entidade
Fundação Calouste Gulbenkian
Dimensões:
165 x 231 mm
Capa:
Encadernado
Páginas:
904
ISBN:
978-972-31-1589-5

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.