CARE

Rede de prevenção e de apoio a crianças vítimas de violência sexual

 

Promotor: APAV – Associação de Apoio à Vítima
Público-alvo: Crianças, jovens, famílias
Parceiros: Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, I.P.; Polícia Judiciária; Portugal Inovação Social; Departamento de Medicina Legal da Faculdade de Direito da Universidade do Porto; Casa Pia de Lisboa; Associação Chão dos Meninos; Casa da Ameixoeira; Projeto Spin
Âmbito territorial: Nacional
ODS: 5. Igualdade de Género; 16. Paz, Justiça e instituições eficazes

Campanha APAV © DR

Rede especializada de apoio a crianças e jovens vítimas de violência sexual, famílias e amigos. As principais atividades desta rede dizem respeito ao apoio psicológico, jurídico e de articulação entre as várias entidades implicadas nestes processos.

Esta rede, de abrangência nacional (incluindo os arquipélagos dos Açores e Madeira), é coordenada pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, em parceria com a Polícia Judiciária – que identifica e referencia os casos – e com o Instituto de Medicina Legal e Ciências Forenses – a quem cabe a análise pericial das vítimas.

Desde o início da intervenção foram apoiadas 1167 crianças e jovens. Foram também realizadas mais de 700 ações de sensibilização, envolvendo mais de 16000 beneficiários, bem como 44 cursos de formação, num total de 440 formandos.

 

Saiba mais

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para as seguintes metas

 

Meta 5.2

Eliminar todas as formas de violência contra todas as mulheres e meninas nas esferas públicas e privadas, incluindo o tráfico e exploração sexual e de outros tipos

Meta 16.1

Reduzir significativamente todas as formas de violência e as taxas de mortalidade relacionadas, em todos os lugares

Meta 16.2

Acabar com o abuso, exploração, tráfico e todas as formas de violência e tortura contra as crianças 

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.