RECEB – Reforma curricular do ensino básico na Guiné-Bissau

Projeto de apoio à melhoria da qualidade e eficácia do ensino básico

 

Área de atuação: Ensino básico 
Coordenação: Fundação Calouste Gulbenkian, Ministério da Educação Nacional da Guiné-Bissau 
Financiador: Fundação Calouste Gulbenkian, UNICEF  
Parceiros: Ministério da Educação Nacional da Guiné-Bissau 
Parceiro técnico: Universidade do Minho 
Localização: Guiné-Bissau  
Beneficiários: Docentes e alunos do ensino básico  
Duração: 2015-2021
Fase do Projeto: Em desenvolvimento
ODS 4: Educação de qualidade 

O projeto tem como objetivo a promoção da melhoria da qualidade e da eficácia da educação básica na Guiné-Bissau, do 1.º ao 4.º ano.

O RECEB – Reforma curricular do ensino básico na Guiné-Bissau está integrado no projeto “Quality Education for All”, financiado pelo Banco Mundial, e visa uma reforma curricular, a revisão e elaboração dos programas de todas as disciplinas, a elaboração de manuais para alunos e guias para professores e o plano de acompanhamento e monitorização da reforma curricular.


Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para as seguintes metas

 

Meta 4.1

 Garantir que todas as meninas e meninos completam o ensino primário que deve ser de acesso livre, equitativo e de qualidade, e que conduza a resultados de aprendizagem relevantes e eficazes

Meta 4.10

Aumentar substancialmente o contingente de professores qualificados, inclusive por meio da cooperação internacional para a formação de professores