Meio no Meio

Através da prática artística, o projeto possibilita espaços de socialização e de partilha entre diferentes gerações e territórios, promovendo uma cidadania implicada e integradora

 

Promotor: Artemrede – teatro Associados
Área Artística: Dança, Música, Teatro
Responsável área artística: Victor Hugo Pontes
Responsável área social: Rute Pires
Âmbito territorial: Almada, Barreiro, Lisboa, Moita
Duração: 36 meses
ODS: 10. Reduzir as Desigualdades

Meio no meio © José Caldeira
Meio no meio © José Caldeira
  • Meio no meio © José Caldeira

Meio No Meio pretende promover a capacitação, a criação de oportunidades de aprendizagem e a cidadania ativa de jovens e adultos que se encontram em diferentes situações de vulnerabilidade social, residentes em quatro municípios associados da ARTEMREDE (Almada, Barreiro, Lisboa e Moita).

Meio no meio © José Caldeira
Meio no meio © José Caldeira
Meio no meio © José Caldeira
Meio no meio © José Caldeira
  • Meio no meio © José Caldeira
  • Meio no meio © José Caldeira

Na primeira fase do projeto (2019-2020), dois grupos intergeracionais participam em núcleos de formação orientados por Victor Hugo Pontes (Dança) e quatro artistas locais (Teatro, Cinema, Artes Visuais e Música). A segunda fase consiste na criação e apresentação, em 2021, de um espetáculo multidisciplinar que irá espelhar o processo de criação, incluindo testemunhos dos participantes. Meio No Meio pretende, assim, construir espaços de socialização e de partilha entre diferentes gerações e geografias, promovendo o cruzamento de mundos.

 

Saber mais

Relacionado

 

No «Meio no Meio» está a virtude

O projeto da Artemrede Meio no Meio, apoiado pela iniciativa PARTIS, arregaçou as mangas para fazer face à quarentena, juntou territórios e gerações e provou que a distância física não é um impedimento à arte participativa.

 

Ler Reportagem

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para a seguinte meta

 

Meta 10.2

Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, económica e política de todos, independentemente da idade, género, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição económica ou outra.