Residência artística em fotografia em Cabo Verde

Fundação Calouste Gulbenkian apoia a internacionalizaçao dos artistas dos PALOP

Catchupa Factory é um programa de criação artística em fotografia em Cabo Verde, em regime de residência, que conta com o curador John Fleetwood, um dos mais influentes educadores de fotografia em África, e com a angolana Paula Nascimento como curadora convidada.

A residência artística decorreu de 3 a 17 de maio, na cidade de Mindelo, em S. Vicente, com o objetivo de criar um grupo mais ou menos informal com os fotógrafos participantes e proporcionar um momento de imersão e incentivo à criação artística para fotógrafos e artistas emergentes dos PALOP, no sentido de desenvolver a sua prática autoral no campo da fotografia.

Ao longo de duas semanas, os doze participantes criaram um projeto fotográfico e os melhores poderão fazer parte de programas de exposição e estágios internacionais a lançar no futuro, em instituições de relevo que lidam com fotografia contemporânea em África.

Os fotógrafos selecionados foram: Rui Sérgio Afonso (Angola); Ângelo Lopes, César Schofield Cardoso, Edson Silva Delgado, Evanilda Napoleão, Grace Ribeiro, Helder Doca e Marcos Rocha de Pina (Cabo Verde), Mauro Vombe e Nuno Silas (Moçambique) e Carla Rebelo e Herberto Smith (São Tomé e Príncipe).

De acordo com Diogo Bento, responsável pela iniciativa, “as perspetivas são muito boas, tendo em conta a qualidade dos trabalhos que estão a ser produzidos e a dinâmica que está a ser construída”. Diogo Bento considera que estes fotógrafos “poderão, nos próximos anos, começar a ser referenciados internacionalmente e a aparecer em exposições e festivais internacionais”.

A AOJE-Associação de Fotografia, coordenadora do encontro, vai divulgar os trabalhos resultantes em diferentes plataformas que lidam com fotografia e arte contemporânea africana, bem como editar um catálogo, para divulgação dos resultados alcançados.

Esta é uma parceria entre a Fundação Calouste Gulbenkian e a AOJE-Associação de Fotografia e conta com o apoio do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde.