Regresso às origens

Programa Parcerias para o Desenvolvimento

Oito investigadores de Angola, Moçambique e Cabo Verde, a frequentarem programas de doutoramento em universidades estrangeiras, vão poder fazer trabalho de campo nos seus países com bolsas concedidas pela Fundação Gulbenkian.

A iniciativa do Serviço de Bolsas e do Programa Gulbenkian Parcerias para o Desenvolvimento destina-se a estimular a investigação aplicada em áreas consideradas prioritárias pelos países de origem dos bolseiros, como as Ciências da Saúde, Economia e Engenharia do Ambiente, Geologia e Minas. A ida dos investigadores para o terreno e não só uma forma de aplicação dos seus conhecimentos as realidades locais, como também um estímulo para que regressem aos seus países de origem, reforçando a qualificação de quadros docentes.