Projetos em economias criativas nos PALOP e Timor-Leste

Projetos apurados para a 2.ª fase do concurso

Um júri independente selecionou cinco projetos que querem contribuir para a valorização de produtos associados ao património cultural, material e imaterial destes países.

O júri fez a seleção para a 2ª fase do concurso baseando-se em critérios como a inovação e exequibilidade da proposta, o impacto previsto, as competências e o currículo do consórcio.

São estes os projetos:

Espaço Trocas – Design e artes visuais da Guiné-Bissau, da Fundação Fé e Cooperação, em parceria com a Associação de Artesãos da Guiné-Bissau (ARGUIB) e Ente Nazionale Giuseppini del Murialdo (ENGIM), para o setor autónomo de Bissau na Guiné-Bissau;

DesafiArte – hub para a valorização do património criativo, do Instituto Marquês de Valle Flor, em parceria com a Associação Sphaera Mundi e Cabaz di Terra para a Ilha do Maio e da Cidade Velha, Cabo Verde e Regiões de Biombo e Cacheu, Guiné-Bissau;

Chã na tchom – Desenvolvimento, do Atelier Mar (M-EIA – Instituto Universitário de Arte, Tecnologia e Cultura do Mindelo) em parceria com Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e o Ministério das Infraestruturas do Ordenamento do Território e Habitação para a Ilha do Fogo, Chã das Caldeiras, Cabo Verde;

Viagens Criativas, da Xerém – Associação Cultural, em parceria com Pés Descalços – Coletivo Cultural e This is not a White Cube, para Namibe, Malanje, Luanda e Lubango, Angola;

re)Criar o Bairro, dos Leigos para o Desenvolvimento, em parceria com a Associação dos Artistas Plásticos Santomense – AAPLAS, a Associação Cultural Arquivo 237 e o Centro de Artes do Espetáculo de Viseu – Associação Cultural e Pedagógica, para Água Grande, São Tomé e Príncipe.

A Fundação Calouste Gulbenkian vai apoiar estes cinco consórcios na elaboração da proposta final de candidatura, que deve ser apresentada até final de outubro deste ano.

Estes cinco consórcios terão de desenvolver uma proposta final de candidatura, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e participarão num workshop de apoio à elaboração das propostas finais. Na 2.ª fase do concurso serão apoiadas até três propostas.