Formadores do RECEB em estágio na Universidade do Minho

Os quatro formadores avançados de professores de língua portuguesa, que integram o projeto RECEB – Reforma curricular do ensino básico na Guiné-Bissau, estão em estágio na Universidade do Minho, parceira técnica deste projeto. O estágio de 30 horas incide na formação em língua portuguesa, elaboração de inquéritos, liderança e dinâmica de grupos.

Estes quatro formadores vão ser os responsáveis por dar a formação em Língua Portuguesa aos 40 formadores multiplicadores que, por sua vez, desenvolverão as ações no terreno com os professores do 1.º ciclo, em cada um dos setores (regiões) da Guiné-Bissau.

O RECEB está integrado no projeto “Quality Education for All”, financiado pelo Banco Mundial, tendo como objetivo a revisão e elaboração dos programas de todas as disciplinas, a elaboração de manuais para alunos e guias para professores e o plano de acompanhamento e monitorização da reforma curricular.