Orlando Ribeiro. Relações e amizades

Nova edição da série Cultura Portuguesa

A obra Mestres, Colegas e Discípulos reúne numerosos textos de teor biográfico e bibliográfico que Orlando Ribeiro dedicou à personalidade e às obras dos seus mestres, colegas e discípulos. Esta edição de dois volumes foi organizada por Suzanne Daveau, mulher do geógrafo e igualmente responsável pela organização da coletânea Universidade, Ciência e Cidadania publicada em 2013, com escritos do autor.

Os textos aqui reunidos dão conta de que Orlando Ribeiro, “longe de ter sido um sábio isolado, fechado no seu gabinete ou correndo solitariamente os campos, serras e ilhas que ia explorando”, foi uma pessoa “eminentemente sociável”. Reconhecendo as suas influências, relações e amizades e a importância do esforço conjunto para um melhor conhecimento do mundo, foi desde cedo reunindo e publicando artigos sobre outros e sobre o trabalho que julgava útil tanto para investigadores como para o público em geral. A maior parte das obras reproduzidas no livro já tinham sido editadas anteriormente (Ensaios de Geografia Humana e Regional, 1970; Opúsculos Geográficos, 1989-1995), mas são aqui organizadas segundo uma ordem cronológica com duas temporalidades distintas que se entrecruzam: a das épocas em que viveram as personalidades evocadas e a da produção e divulgação dos artigos. Para ajudar à compreensão desta cronologia e à leitura, Daveau incluiu “esquemas temporais” e introduções a cada capítulo.

A coletânea está dividida em quatro capítulos, cada um correspondente a um campo temático. O primeiro, “Alguns antecessores”, contém artigos sobre personalidades de épocas recuadas com quem Orlando Ribeiro só teve contacto através de leituras (e.g., Camões, Goethe, Jules Daveau, entre outros). O segundo capítulo é inteiramente dedicado a José Leite de Vasconcellos, o grande mestre de Orlando Ribeiro, com quem este mais conviveu desde a adolescência até aos últimos anos da sua vida criativa e científica.

“Com Leite de Vasconcellos extinguiu-se entre nós certa espécie de homem de saber, produto em larga parte de um ambiente de tranquilidade e de amadurecimento intelectual que os nossos dias não voltarão a conhecer”, afirma o autor num artigo originalmente publicado na Imprensa Nacional em 1962. O capítulo “Outros mestres” constitui o terceiro e último capítulo do volume I, referenciando nomes como Manuel Ramos, David Lopes ou Gago Coutinho. Por fim, o volume II é totalmente dedicado ao quarto e último capítulo, “Colegas, Discípulos”, com textos referentes a professores, alunos e técnicos com quem o geógrafo colaborou desde 1934.

A centena de textos recolhidos e agrupados divide-se essencialmente entre as categorias biográfica e bibliográfica, focando alguns textos sobretudo o conteúdo das obras recenseadas e outros priorizando a personalidade do autor evocado. No seu conjunto, conferem valor e dimensão à bibliografia que Orlando Ribeiro construiu em quase 60 anos de trabalho, ao mesmo tempo que fazem referência ao “ambiente social e intelectual em que decorreram a vida e as atividades científicas do geógrafo”, homenageando os seus mestres, mas reconhecendo também aqueles que, de alguma forma, complementavam ou davam seguimento às suas investigações. Com o minucioso e paciente trabalho de organização de Suzanne Daveau, torna-se uma leitura interessante de contextualização e prolongamento da vida e obra de Orlando Ribeiro e daqueles que o rodearam.

 

Ver evento Comprar livro