Gulbenkian distinguida pela DOCOMOMO Internacional

O projeto de renovação do Grande Auditório, da autoria da arquiteta Teresa Nunes da Ponte, ganhou o Prémio de Reabilitação da Docomomo, na categoria Sustained Uses.
Destaque Música
Grande Auditório da Fundação Gulbenkian © Ricardo Oliveira Alves

O prémio distingue projetos de preservação da arquitetura moderna no mundo, que se adaptaram aos padrões contemporâneos como forma de inspirar uma reflexão sobre a herança viva do Modernismo. As intervenções arquitetónicas premiadas incluem projetos de renovação, restauro, reutilização ou manutenção de edifícios em todo o mundo, nos últimos 12 anos.

O júri internacional considerou o projeto de renovação e restauro do Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian como “uma renovação exemplar” ao adaptar o espaço aos padrões atuais, tanto em termos técnicos, como tecnológicos e de segurança. O júri considerou que esta “atualização invisível conseguiu manter o caráter único e monumental do edifício, adaptando-o à contemporaneidade”.

O projeto do gabinete Teresa Nunes da Ponte Arquitetura, que projetou a renovação e restauro do Grande Auditório decorreu, entre 2013 e 2014, tendo incluído obras de renovação da sala de espetáculos, palco, subpalco e salas de ensaio da orquestra e coro. Foram ainda renovadas todas as zonas de apoio técnico, que passaram a dispor de novas estruturas e infraestruturas completamente adaptadas às regras europeias em matéria de segurança, qualidade e operacionalidade.

Apesar da amplitude da intervenção, as mudanças introduzidas foram apenas as estritamente necessárias para reforçar a capacidade tecnológica, acústica e de segurança da sala, não alterando o notável conjunto composto pelo edifício Sede e Museu Gulbenkian (classificado como Monumento Nacional, em 2010), da autoria dos arquitetos Alberto Pessoa, Pedro Cid e Ruy d’Athouguia.

A Docomomo – Documentation and Conservation of Buildings, Sites and Neighbourhoods of the Modern Movement – é uma organização não governamental representada em cerca de 70 países nos cinco continentes.

Saber mais