Fundação Gulbenkian reforça capacidade de investigação nos PALOP

Parceria entre a Europa e os países em desenvolvimento para a realização de ensaios clínicos

A Fundação Calouste Gulbenkian e o EDCTP (Parceria entre a Europa e os países em desenvolvimento para a realização de Ensaios Clínicos) assinaram um protocolo de financiamento para reforçar as capacidades de investigação clínica nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

O apoio financeiro, por parte da Fundação, destina-se a todos os estudantes e investigadores dos PALOP que concorram e sejam vencedores de uma bolsa de estudo/investigação da EDCTP. Este apoio permitirá que investigadores africanos, com o grau de Doutor, possam aumentar as suas competências e regressar aos países de origem contribuindo para a competitividade dos grupos de investigação na construção de projetos de investigação clínica.

Além destas, outras bolsas serão apoiadas como as Masters fellowships in epidemiology and medical statistics. Tratam-se de bolsas destinadas a licenciados africanos para realização de formação pós-graduada na área da Epidemiologia e Estatística Médica em instituições de referência internacional e posterior desenvolvimento de investigação nos seus países de origem.

Durante o mês de outubro estão abertos os concursos em www.edctp.org/funding-opportunities