Formação em Artes no Estrangeiro 2022

As candidaturas para bolsas de formação nas áreas de música, cinema, artes visuais e artes performativas estão abertas até 29 de abril.

As bolsas de Formação em Artes no Estrangeiro da Fundação Calouste Gulbenkian apoiam anualmente a formação académica ou técnica e o aperfeiçoamento artístico na vertente de artes visuais, artes performativas, música e cinema.

Podem concorrer todos os cidadãos nacionais ou estrangeiros, com residência permanente em Portugal, sendo que é dada prioridade aos candidatos em início de carreira artística, que se candidatem para frequentar estabelecimentos de ensino académico ou profissional de reconhecido mérito. Serão também privilegiadas áreas para as quais não exista oferta formativa em Portugal, como, no caso da música, as candidaturas no domínio dos instrumentos de orquestra, canto e composição.

As bolsas são concedidas por um período mínimo de três meses até um período máximo de 12 meses, podendo ser renovadas. No apoio está incluído um valor mensal de 1.500€ para países da zona euro, definido caso a caso para outros destinos; um valor único de 1.000€ para despesas de instalação e um valor inicial de 500 € para viagens; e até 5.000€ para propinas, pago mediante apresentação de comprovativos.

Excluem-se deste apoio as candidaturas destinadas à obtenção dos graus de licenciatura e de doutoramento, assim como nas áreas específicas de Arquitetura e Urbanismo, Design, História da Arte, Património e Arqueologia.

Candidaturas de 1 de março a 29 de abril (às 17:00)

Saber mais
Atualização em 03 março 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.