Ética na investigação clínica

Ética na investigação clínica

Comissões de ética - uma ferramenta para o desenvolvimento da investigação clínica em África

No dia 9 de março, às 14h30, o Auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian recebe o seminário Comissões de ética – uma ferramenta para o desenvolvimento da investigação clínica em África. O encontro surge no seguimento do Memorando de Entendimento assinado pela Fundação Calouste Gulbenkian e a Comissão Europeia, representada pelo comissário europeu Carlos Moedas, no âmbito da Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos (EDCTP), que tem como objetivo potenciar o desenvolvimento de novas soluções clínicas para a sida, a malária, a tuberculose e as doenças tropicais negligenciadas. Esta iniciativa enquadra-se na segunda fase do programa EDCTP, uma parceria entre a União Europeia e África, lançada em 2003, com um orçamento inicial de mil milhões de euros e que envolveu vários países europeus e africanos unidos no objetivo de apoiar a investigação nas principais doenças infecciosas que afetam os países africanos.

O seminário, que irá abordar a importância da supervisão ética na investigação clínica, conta com a participação de Charles Mgone, Diretor Executivo da EDCTP e especialista em investigação em sida, malária e doenças tropicais. Charles Mgone irá apresentar “EDCTP as a model for Europe-Africa partnership on poverty-related and neglected infectious diseases: achievements and future directions”.

Este encontro serve também de lançamento do concurso para a Capacitação das Comissões Nacionais de Ética e Assuntos Regulamentares em África dirigido a investigadores, académicos e representantes do setor privado farmacêutico, com abertura prevista para 26 de março.