Projetos em educação pré-escolar nos PALOP

Conhecidas as candidaturas que passaram à 2.ª fase do concurso

Já são conhecidas as candidaturas que passaram à 2ª fase do concurso para apoio a projetos-piloto que contribuam para o aumento do acesso à educação pré-escolar de qualidade nos PALOP. Um júri independente selecionou quatro projetos, com base em critérios como a inovação e exequibilidade da proposta, o impacto previsto, as competências e o currículo do consórcio:

  • “Tchovar (empurrar) pela educação de infância nos bairros de Maputo, Moçambique”. A realizar pela ONGD FEC- Fundação Fé e Cooperação, em parceria com o Movimento cívico Formiga Juju- Xidjumba.
  • “Sistema de Trocas e Ganhos Mútuos”. A realizar em São Tomé e Príncipe pela Associação HELPO, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de São Tomé.
  • “Educadores em Movimento”. A realizar pela ONGD AIDGlobal em parceria com o Centro Vocacional e Residencial do Chibuto, Moçambique.
  • “Rede comunitária de apoio ao Desenvolvimento da Primeira Infância – Integração Escolinha-Comunidade”. A realizar pela ONGD VIDA – Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento Africano, em parceria com a Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales (MSFS) – Moçambique.

Os quatro consórcios devem apresentar, entre 1 de março e 30 de abril de 2018, a sua proposta final da candidatura. Nesta fase serão escolhidos os dois projetos-piloto a serem apoiados. Este é o primeiro concurso integrado nas Iniciativas Gulbenkian para a Inovação no Desenvolvimento.