Com as crianças e as famílias: uma nova forma de intervir

Aliando a área social à área da saúde, a Passo a Passo – Associação de Ajuda Psicossocial e o Serviço Pediátrico do Hospital Fernando da Fonseca articularam-se para desenvolver este projecto, com o objectivo de actuar junto das famílias mais desfavorecidas e com crianças consideradas em risco, de modo a evitar a sua institucionalização, capacitando as famílias de competências parentais para um melhor desempenho do seu papel. O projecto, que actuou no concelho da Amadora, procurou desenvolver respostas que promovessem o crescimento sócio-emocional das crianças, bem como a melhoria da interacção família-criança.

O Hospital, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens e outras instituições locais foram responsáveis pela sinalização das crianças, enquanto a Associação Passo a Passo, com a sua equipa multidisciplinar, avaliou, acompanhou e prestou o apoio necessário, através de uma metodologia centrada no domicílio, articulada com os recursos da comunidade.

Para além da prestação de cuidados às crianças, o projecto promoveu a criação de uma rede de assistência materno-infantil e de suporte social para as famílias.

Foram grupos preferenciais de intervenção os agregados familiares mais desfavorecidos, com complexos problemas sociais, significativas carências económicas,por vezes com  comportamentos de risco associados.

Ao longo de três anos foram acompanhadas 99 famílias e 208 crianças (um acréscimo de mais de 80% face ao número de crianças previstas em sede de candidatura).

Atualização em 26 Outubro 2016