Fundação Gulbenkian e Universidade Aga Khan reunidas para fortalecer áreas de atuação

Uma delegação da Universidade Aga Khan visitou a Fundação Gulbenkian com o propósito de reforçar os laços de cooperação e identificar novas áreas de intervenção conjunta e sustentável.
Visita da Universidade Aga Khan ao IGC © DR

Durante a manhã do dia 15 de setembro, a delegação visitou diversos laboratórios do Instituto Gulbenkian de Ciência e ficou a conhecer, em maior detalhe, as áreas prioritárias de intervenção dos Programas Gulbenkian Conhecimento e Parcerias para o Desenvolvimento.

No panorama da intervenção da FCG nas áreas da educação e saúde ao longo dos últimos 60 anos, sob a responsabilidade do PG Conhecimento, destacaram-se os desafios Gulbenkian STOP Infeção Hospitalar e STOP Baixo Peso ao Nascer. Foi também apresentada a evolução da metodologia implementada ao longo das últimas décadas no âmbito do PG Parcerias para o Desenvolvimento, tendo merecido particular interesse o projeto “Onco-Moçambique: Melhoria do diagnóstico e tratamento das doenças oncológicas em Moçambique”.

Para o administrador da Fundação Gulbenkian, José Neves Adelino, este encontro representa “uma oportunidade para reforçar ainda mais a colaboração com a Fundação Aga Khan, e em particular com a Universidade Aga Khan, com quem a Fundação Calouste Gulbenkian tem já um longo historial em diversas matérias, esperando que deste intercâmbio possam resultar iniciativas concretas nos domínios da ciência, e em particular da saúde, capitalizando conhecimentos e recursos”.

As parcerias nacionais e internacionais são áreas de destaque na missão da Fundação Gulbenkian para, em colaboração e garantindo um maior impacto social das atividades que promove, contribuir para a resolução de problemas, a transversalidade e a inovação.