Cidadania Ativa: Aprendizagens e Impactos

Fundação Calouste Gulbenkian | 15 março 2016 | 9h15 | Sala 2

Realiza-se no próximo dia 15 na Fundação Calouste Gulbenkian o seminário “Cidadania Ativa: Aprendizagens e Impactos”, o evento de encerramento dos sete projetos promovidos pelas ONG da Rede Animar e financiados no âmbito do Programa Cidadania Ativa.

No seu conjunto, estes projetos contaram com um apoio de mais de € 700 000 por parte dos recursos públicos disponibilizados pela Noruega, Islândia e Liechtenstein no âmbito dos EEA Grants.

Poderá obter o programa deste seminário aqui.

A participação é aberta e gratuita, mas limitada à capacidade da sala.

Inscrição obrigatória através do e-mail: olga.fernandes@animar-dl.pt

Para mais informações contacte 219 527 450

 

Serão apresentados os resultados dos seguintes projetos:

“Integrar para Alimentar – conhecimento, saúde e sustentabilidade” – Oikos – Cooperação e Desenvolvimento

Pretendeu contribuir para a criação de uma estratégia integrada alimentar em Portugal, contando com o envolvimento de 611 entidades e incluindo diversas atividades de cooperação ou diálogo com o poder público. O projeto contribuiu para o aperfeiçoamento das políticas públicas em matéria de segurança alimentar e nutricional e para a adesão de diversos municípios ao Pacto de Milão.

 

“Uma Aventura no Mundo da Cidadania” – Grupo Aprender em Festa

Desenvolvido no Concelho de Gouveia, promove a nível local um maior grau de consciência e de práticas de cidadania, envolvendo os cidadãos com as instituições da comunidade, de forma a reduzir desigualdades, fortalecer relações inclusivas, solidárias e intergeracionais e construir uma sociedade mais justa com base na participação democrática.

 

“Parentalidades” – Associação Fernão Mendes Pinto

O projeto envolveu mais de 2.000 pessoas das regiões centro e norte na discussão pública sobre questões de género e prevenção da homofobia, com desenvolvimento de programas de intervenção e capacitação para uma coparentalidade positiva junto de 40 pais e mães, minimizando os efeitos da exposição de crianças e jovens à violência doméstica.

 

“DECIS – (Des)Envolvimento de Estratégias de Capacitação para a Inovação Social” – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local

Tem como objetivo o reforço da eficácia de atuação das ONG através da melhoria e dinamização da formação dos seus dirigentes, colaboradores e parceiros (contando com formação dada a 180 pessoas), da incorporação de melhores práticas de governação, e da criação de uma Agência de Inovação Social juntamente com formação para formadores em Empreendedorismo Social.

 

“(IN)EET: Capacitação Local para a Empregabilidade Jovem” – Oikos – Cooperação e Desenvolvimento

Visa a capacitação para a empregabilidade de 100 jovens através de sessões de treino de competências pessoais, sociais e interculturais, do apoio à elaboração dos planos individuais de inserção e, dependendo do perfil dos jovens, do seu encaminhamento para experiências em contexto de trabalho, capacitação para a procura de emprego ou apoio à criação de um negócio.

 

“A New Deal for Youth Employment” – Monte – Desenvolvimento Alentejo Central, ACE

Promove a empregabilidade e inclusão de 30 jovens no sector agrícola no Alentejo, através da identificação de necessidades e oportunidades, da criação de uma bolsa de ideias, do reforço de competências, da realização de estágios e de visitas de boas práticas a explorações agrícolas e da disponibilização de serviços de apoio aos jovens.

 

“REDECOOL Emprego – Redes Colaborativas para o Emprego Local Jovem” – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local

Tem como objetivo a criação de sete redes colaborativas e a promoção da inserção de 180 jovens no mercado de trabalho, através da aplicação de balanços de competências, acompanhamento individualizado, sessões de formação-ação, coaching e visitas a boas práticas de empreendedorismo.