António Cruz Serra integra o Conselho de Administração da Fundação Gulbenkian

O antigo reitor da Universidade de Lisboa é o mais recente elemento a integrar a equipa liderada por António Feijó.
©Márcia Lessa

António Cruz Serra assumiu, a 12 de maio, as funções de Administrador Executivo do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian.

Nas breves palavras proferidas por António Feijó durante a cerimónia de posse, o presidente da Fundação Gulbenkian destacou o facto de António Cruz Serra ter sido o principal responsável pela fusão da Universidade de Lisboa e da Universidade Técnica de Lisboa, tarefa que levou a cabo de forma “harmónica, prudente e muito bem feita”. Falando de improviso, António Cruz Serra recordou o facto de ter sido bolseiro da Fundação e de ter integrado, entre 1979 e 1981, uma equipa de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência.

Professor Catedrático do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra (Coimbra, 1956) é o mais recente elemento a integrar a equipa liderada por António Feijó e composta por Martin Essayan, José Neves Adelino e Guilherme de Oliveira Martins (administradores executivos), Graça Andersen Guimarães e Pedro Norton (administradores não-executivos).

Doutorado (1992) e Mestre (1985) em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, licenciado em Engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1978), António Cruz Serra foi Reitor da Universidade de Lisboa (2013-2021), Reitor da Universidade Técnica de Lisboa (2012-2013), Presidente (2009-2012) e Presidente-Adjunto (2002-2008) do Instituto Superior Técnico.

Investigador em alguns institutos, é autor de mais de duas centenas de publicações científicas.

Atualização em 13 maio 2022

Utilização de Cookies

Definições de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.
Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Definições de cookies" abaixo.