27 fevereiro 2019 Exposição

A experiência do cérebro coletivo

A experiência do cérebro coletivo Alagraphy, 2019

O cérebro processa e armazena tudo o que é percecionado pelos sentidos.

Por isso, o artista-cientista ALAgrApHY quer construir a experiência de um cérebro coletivo a partir de imagens partilhadas nas redes sociais.

Num primeiro momento, e usando a inteligência artificial, o artista incluirá as fotos num mosaico dinâmico que poderá ser visto na exposição Cérebro: mais vasto que o céu.

Mais tarde, estas mesmas imagens, curadas pelo artista, serão usadas para criar uma exposição, a que chamará Collective Brain Experience.

Saiba mais

 

 

Como participar

Partilhe fotografias relacionadas com o cérebro (simbólicas, visuais ou metafóricas) no Twitter ou no Instagram usando #CollectiveBrainX.

As melhores imagens serão automaticamente incluídas no Cérebro Coletivo X de ALAgrApHY.

 

O artista

ALAgrApHY é o nome artístico de Alaa Abi-Haidar, que é tanto cientista como artista. Doutorado em Informática pela Indiana University (EUA), Abi-Haidar tem ainda um pós-doutoramento na Universidade Pierre e Marie Curie, em Paris. Atualmente, é artista residente no Instituto Gulbenkian de Ciência, faz investigação em inteligência artificial e em ciência de dados, em Paris, mas paralelamente arranja tempo para fotografia, pintura e realização de filmes.

Nos últimos tempos, ALAgrApHY tem trabalhado como artista-cientista, explorando conceitos na arte gerada por máquinas; utiliza inteligência artificial e aprendizagem automática, mais precisamente o deep learning, para ensinar as máquinas a criar arte.

As suas obras têm sido exibidas em vários locais, como o Salon Comparaison no Grand Palais, em Paris (onde exporá de novo em fevereiro de 2019), e no Salon d’Automne (conhecido por iniciar os movimentos do Cubismo e do Fauvismo) nos Campos Elísios. Neste último, ALAgrApHY ganhou o prémio de arte digital.