Carregar Eventos

Reparar e preparar: o Euro e o crescimento depois do Brexit

  • Este evento já decorreu.

Com quase 60 anos de história, a União Europeia (UE) tem sido assombrada por uma sucessão de crises. A economia europeia passou por uma década perdida. Os níveis de crescimento e de investimento permaneceram baixos, enquanto a dívida e o desemprego chegaram a níveis demasiado elevados em muitos dos países da Zona Euro. A UE encontra-se politicamente enfraquecida: um dos seus principais membros prepara-se para sair e o populismo encontra-se em ascensão em muitos dos estados-membros.

As medidas de estabilização ad hoc adotadas, ao longo dos últimos anos, não serão suficientes para proteger o euro contra crises futuras nem para encaminhar novamente a Zona Euro para a trajetória do crescimento sustentável. Uma abordagem “esperar para ver” é tanto economicamente dispendiosa, como politicamente perigosa. Se quisermos que a moeda única assegure a estabilidade e o crescimento económico, deveremos, desde já, preparar e reformar a zona euro.

Foi com este propósito que um grupo de trabalho de alto nível reuniu num relatório as melhores ideias e as transformou numa estratégia de reforma abrangente, num momento tão crucial da história Europeia.

 

Programa

14:30 – Sessão de abertura

Artur Santos Silva, Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian
Enrico Letta, Presidente do Instituto Jacques Delors

 

15:15 – Apresentação do Relatório “Reparar e preparar: o Euro e o crescimento depois do Brexit”

Henrik Enderlein, Diretor do Instituto Jacques Delors – Berlim

 

15:30- Debate do Relatório

Autores do Relatório:
Enrico Letta
, Presidente do Instituto Jacques Delors
Maria João Rodrigues, Vice-presidente do Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu
Gertrude Tumpell-Gugerell, Consultora Emérita no Austrian Institute of Economic Research (WIFO); antigo membro do Conselho Executivo do BCE

Comentadores:
José Leandro, Diretor Política, Estratégia e Comunicação na DG ECFIN, Comissão Europeia
Ricardo Cabral, Economista
Niels Thygesen, Presidente do Conselho Fiscal Europeu, antigo membro independente do Comité Delors na UEM
Debate Aberto com a moderação de Eva Gaspar, jornalista no Jornal de Negócios

 

17:00 – Conclusões

António Vitorino, antigo Presidente do Instituto Jacques Delors

 

17:15 – Sessão de encerramento

Mário Centeno, Ministro das Finanças em Portugal

Download do relatório (PDF 1MB)

 

Quando

Qua, 22 fevereiro 2017
14:30 até 17:30

Onde

Edifício Sede – Auditório 2
Av. de Berna, 45A, Lisboa
217 823 000
Google Maps »

Bilhetes

Entrada livre