Sobre «Tudo o que tenho no saco. Eça e Os Maias»

À conversa

Assinalando a passagem dos 130 anos da publicação de Os Maias esta exposição dá-nos a perceber as razões pelas quais esta é de facto a obra magna de Eça de Queirós. Trata-se de uma exposição temática, que visa uma aproximação a Os Maias enquanto romance de charneira na obra do autor, designadamente no que à interrogação do realismo diz respeito. Nesta conversa, os visitantes terão a oportunidade de estar em contacto direto com a comissária da exposição, de modo a conhecerem algumas das suas opções, conceitos, desafios e perspetivas para a montagem e conceção de Tudo o que tenho no saco.

Com a comissária
Isabel Pires de Lima

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 60 minutos

Mínimo de participantes: 5

Máximo de participantes: 20

Língua: Português

Preço: 2,00 €

Onde:

Ponto de encontro: Galeria do piso inferior - Edifício Sede

Abrir Google Maps