Aqui eu conto!

Como pode o teatro ser uma ferramenta para o ensino do português língua estrangeira? Que espaços, condições, enunciados e materiais são necessários? Sabemos que compreender as palavras e o seu sentido não é o mesmo que ser capaz de as usar para se exprimir. Sabemos que uma língua é muito mais que gramática e vocabulário. Sabemos também que comunicar, usando a voz e o gesto numa língua não materna, é um ato de coragem. Por isto, neste curso, vamos explorar os conceitos teatrais de jogo, improvisação e oralidade, aplicados às competências linguísticas. Através de exercícios práticos, em sala e no Museu, vamos experimentar e recriar enunciados que pressupõem uma apropriação individual daquilo que se diz e de como se diz, sendo que o mais importante é potenciar nos alunos a vontade de comunicar, de se expressar, de partilhar algo com os outros e de gerar diálogo. Os exercícios podem ser adaptados a diferentes contextos de aprendizagem, e foram criados a partir de uma longa parceria entre professora e artista, no âmbito do acolhimento e integração de refugiados.

Conceção e orientação
Isabel Galvão, Sofia Cabrita

11, 18, 19 jan 2020 / Sáb, dom / 10:00–13:00; 14:30–17:30 (no domingo só se realiza no turno da manhã)

Nota: Este curso destina-se a professores e formadores de PLNM (português língua não materna) e de PLE (português língua estrangeira), professores de línguas estrangeiras, professores de português, educadores, animadores, técnicos de ação social, qualquer profissional envolvido no acolhimento e integração de cidadãos migrantes. Curso em processo de acreditação em parceria com o Centro de Formação de Escolas António Sérgio.

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 15 horas

Mínimo de participantes: 15

Máximo de participantes: 25

Língua: Português

Preço: 50,00 €

Onde:

Ponto de encontro: Edifício Sede - Sala 2

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: