Repensar a Sociedade para o Século XXI

Relatório do Painel Internacional para o Progresso Social

Slider de Eventos

A mensagem principal deste Relatório para o progresso social é a de que a justiça pode definitivamente ser acolhida e cultivada e que o progresso social pode ser substancialmente melhorado através da combinação de uma visão construtiva e de mudanças bem pensadas nas instituições e nas convenções. Nos debates contemporâneos sobre economia política já se despendeu demasiado tempo argumentando contra ou a favor da economia de mercado. Temos de caminhar para o reconhecimento de que as instituições do mercado são necessárias, mas que se encontram longe de poder constituir uma base para uma sociedade justa – uma sociedade que garanta justiça e dignidade humana simultaneamente com sustentabilidade e robustez.


PROGRAMA

16:30   Abertura

José Tavares

 

16:40   “Um Manifesto para o Progresso Social”

Marc Fleurbaey

 

17:00   Visionamento do documentário ”Uma Nova Sociedade”

Comentários de Marc Fleurbaey

 

18:00   “Uma Nova Sociedade?”

Painel de discussão com Olivier Bouin, Guya Accornero e Gustavo Cardoso
Moderação de João Caraça

 

19:00   Comentários finais


ORADORES

Professor catedrático na Nova School of Business and Economics e research fellow no Centre for Economic Policy Research, de Londres, tendo-se doutorado em Economia na Universidade de Harvard. Anteriormente, foi professor convidado na University of California, na Harvard University, na Columbia University e no European University Institute. Especializou-se em Economia Política e o seu trabalho tem sido divulgado na revista Time e nos jornais New York Times, Handelsblatt e La Repubblica, entre outros. Participou em projetos de investigação em políticas públicas para o Banco Mundial, o Fundo Monetário Internacional e o Banco de Desenvolvimento Asiático. Recentemente, coorganizou, com Francesco Caselli e Mário Centeno, o volume “After the Crisis: Reform, Recovery, and Growth in Europe”, publicado pela Oxford University Press, e publicou o ensaio “A Europa não é um País Estrangeiro”. José Tavares é membro da Comissão Científica do Fórum Gulbenkian Futuro.

Economista, professor na Universidade de Princeton (Woodrow Wilson School e Centre for Human Values) e membro do Collège d’Études Mondiales (Fondation Maison des Sciences de l’ Homme, Paris). Coautor dos livros Beyond GDP (com Didier Blanchet, Cambridge University Press, 2013) e A Theory of Fairness and Social Welfare (com François Maniquet, Cambridge University Press, 2011) e autor do livro Fairness, Responsibility and Welfare (Oxford University Press, 2008). Foi coordenador e autor principal do 5º Relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas e um dos criadores do Painel Internacional para o Progresso Social. É membro do Comité para a Política de Desenvolvimento das Nações Unidas e do Conselho para a Solução de Problemas Globais.

Economista, diretor da Fundação RFIEA (Fondation Réseau Français des Instituts d’Etudes Avancées), rede francesa que apoia Institutos de Estudos Avançados em França, na Europa e no Mundo, e antigo diretor do Collège d’Etudes Mondiales (Fondation Maison des Sciences de l’ Homme, Paris). Os seus interesses de investigação são a economia institucional, a economia europeia e as políticas científicas internacionais. É coeditor do livro Europe’s Crises (com Manuel Castells et al., Polity Press, 2018). É membro do Conselho de Direção da Aliança Europeia para as Ciências Sociais e Humanidades e um dos criadores do Painel Internacional para o Progresso Social.

Doutorado em Física Nuclear pela Universidade de Oxford (1973) e agregado em Física na Universidade de Lisboa. Consultor do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi diretor da Delegação em França (2012-2016) e diretor do Serviço de Ciência (1988-2012) da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi membro do Conselho Diretivo do EIT-Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (2008-2012). Integra o Comité de Direção do Fórum Europeu de Filantropia e Ciência e é, desde 2017, Presidente do Conselho Geral da Universidade de Coimbra. Professor catedrático convidado do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, coordenou, entre outras funções, o Mestrado em Economia e Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação (1990-2003). Foi consultor para a Ciência do Presidente da República Portuguesa (1996-2006) e é autor de mais de duas centenas de trabalhos científicos. Foi presidente do Conselho Consultivo da COTEC – Associação Empresarial para a Inovação (2003-2011). Os seus interesses centram-se nas áreas das políticas de ciência e de inovação, da prospetiva e da história do pensamento e da cultura.

Professora auxiliar em Ciência Política no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e investigadora integrada no CIES – Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, do Instituto Universitário de Lisboa. É coordenadora do projeto 'HOPES: HOusing PErspectives and Struggles. Futures of housing movements, policies and dynamics in Lisbon and beyond’ (Perspectivas e Lutas de Habitação. Futuros dos movimentos, políticas e dinâmicas da habitação em Lisboa e além: 2018-2021, FCT, PTDC/GES-URB/28826/2017) e copresidente da Rede de Investigação Movimentos Sociais do Conselho de Estudos Europeus. A sua área de investigação são os movimentos sociais, com especial interesse para os processos de radicalização política, o papel do protesto na mudança política, o ativismo digital, a gentrificação e os movimentos pelo direito à habitação. Tem vários artigos publicados nas revistas Mobilization, Social Movement Studies, Journal of Contemporary Religion, West European Politics, Estudos Ibero-Americanos, Democratization, Cultures & Conflicts, Análise Social, Storia e Problemi Contemporanei e Historein. É autora  da monografia The Revolution before the Revolution (Berghahn, 2016) e coorganizadora do livro Social Movements Studies in Europe.

Doutorado em Sociologia da Comunicação e pós-graduado pela Harvard Kennedy School, professor catedrático do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, e investigador associado no CIES – Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, do Instituto Universitário de Lisboa. Colabora com o Departamento de Comunicação e Estudos de Performance da Universidade de Milão e com a Universidade Católica Portuguesa. A sua participação em redes europeias de investigação permitiu-lhe colaborar com o IN3 (Instituto Interdisciplinar da Internet), em Barcelona, o WIP (Projeto Internet Mundial), na USC (Universidade da Califórnia do Sul) Annenberg, o COST A20 ‘O impacto da Internet nos meios de comunicação de massa’ e COST 298 ‘Sociedade de Banda Larga’. Foi consultor para a Educação, Ciência e Juventude do Presidente da República Portuguesa (1996-2006) e vice-presidente da agência de notícias LUSA (2006-2011). Em 2008 foi distinguido pelo Fórum Económico Mundial como Young Global Leader. É coeditor, juntamente com Manuel Castells, do livro Network Society: from Knowledge to Policy, e editor associado das revistas especializadas IJOC da USC Annenberg e IC&S da Routledge. É membro dos painéis de avaliação do Conselho Europeu de Investigação e da Fundação Europeia de Ciência.


A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se no direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz durante a Conferência “Repensar a Sociedade para o Século XXI”, para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected].