Livros de Artista de Artistas Mulheres

Coleção da Biblioteca de Arte

Associando-se à exposição Tudo o que eu quero – Artistas portuguesas de 1900 a 2020, a Biblioteca de Arte apresenta uma seleção de livros de artista de 24 criadoras portuguesas (ou a trabalhar em Portugal), desde a década de 1960 até 2020.

Slider de Eventos

Oportunidade para admirar exemplares de artistas de referência como Ana Hatherly, Lourdes Castro, Irene Buarque e Maria José Oliveira, lado a lado com outros produzidos já no século 21, de artistas de gerações mais novas, num fecundo diálogo inter-geracional.

Algumas das 24 artistas selecionadas encontram-se representadas na exposição Tudo o que eu quero, que a Fundação apresenta até dia 23 de agosto.

Não raras vezes alguns destes «livros» são apenas um referente conceptual usado como suporte dum projeto artístico específico, não reduzido a papel e tinta, mas incorporando materiais diversos e cruzando várias disciplinas plásticas. Foi esta multiplicidade de tipologias, suportes e materiais que caracteriza o livro de artista, enquanto expressão criativa, que presidiu à escolha das obras em exposição.

A coleção de Livros de Artista da Biblioteca de Arte é uma coleção de âmbito internacional, em permanente crescimento, embora o maior número de exemplares que a integram seja da autoria de artistas nascidos em Portugal, ou estrangeiros aqui residentes, de várias gerações, refletindo a criação artística nacional a partir da década de 1960.


ARTISTAS

Ana Hatherly, Lourdes Castro, Irene Buarque, Maria José Oliveira, Rita Barros, Ana Vidigal, Renata Siqueira Bueno, Sofia Areal, Ana Alvim, Alice Geirinhas, Bela Silva, Susanne Themlitz, Catarina Leitão, Susana Paiva, Susana Mendes Silva, Ana João Romana, Carla Rebelo, Carla Filipe, Isabel Baraona, Rita Thomaz, Ana Mata, Vera Marmelo, Lúcia Prancha e Catarina Domingues.