Ler Dante

Com Alberto Manguel

Slider de Eventos

Esta palestra concentrar-se-á em quem é o «Io» na Commedia. Alberto Manguel subintitulou-a «Io non Enëa, io non Paulo sono». A multiplicidade de identidades – Dante, o exilado; Dante, o poeta; Dante, o político e o homem do mundo convergem nessa primeira pessoa singular, incluindo-nos, os seus leitores, num plural como o do io e mio dal Águia da Justiça «quand’ era nel concetto e noi e nostro».


TRANSMISSÃO


BIOGRAFIA

Alberto Manguel é um escritor canadiano, nascido em Buenos Aires em 1948. Publicou ficção e não-ficção, incluindo Curiosità (sobre as suas leituras de Dante), Com Borges, Uma História da leitura, A biblioteca à noite e (juntamente com Gianni Guadalupi) O Dicionario de lugares imaginários. Recebeu inúmeros prémios, entre outros o Guggenheim, a comenda da Ordem das Artes & Letras (França), o Prémio Formentor, o Prémio Alfonso Reyes, o Prémio Gutenberg e a condecoração da Ordem do Canadá. É doutor honoris causa das universidades de Ottawa e York, no Canadá, Liège, na Bélgica, e Anglia Ruskin, em Cambridge, no Reino Unido. Até agosto de 2018 foi diretor da Biblioteca Nacional da Argentina. Atualmente é diretor do Centro de Estudos da História da Leitura em Lisboa, Portugal.


A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .