Ilustradores das obras queirosianas no fundo documental da Biblioteca de Arte

Conversas e Mesas redondas - Tudo o que tenho no saco: Eça e “Os Maias”

Slider de Eventos

Na centenária história editorial da obra de Eça — da Chardron-Lello aos Livros do Brasil até ao domínio público e à edição crítica atual — apenas uma reduzida parte dos seus livros foi objeto de edições ilustradas, pese embora a centralidade e popularidade dos seus principais romances. A partir do estudo do património da Biblioteca de Arte, Vasco Rosa comenta tais edições, portuguesas e estrangeiras, contextualizando-as na obra dos respetivos artistas plásticos: Bernardo Marques, João Abel Manta, Lima de Freitas, entre outros.

Vasco Rosa é pesquisador e editor, escreve regularmente sobre design, ilustração, literatura e tipografia.  É autor, com José Bártolo, de um livro sobre Bernardo Marques, um dos principais ilustradores de Eça de Queiroz. É leitor habitual da Biblioteca de Arte, desde 2001.

Uma conversa no âmbito da programação paralela da exposição Tudo o que tenho no saco: Eça e Os Maias.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.