A Canção da Terra

Orquestra Gulbenkian / Hannu Lintu

Slider de Eventos

O Concerto para Piano de Thomas Adès foi composto em 2018 para o pianista Kirill Gerstein. Desde a estreia em Boston, no ano seguinte, a obra tem recebido sucessivos elogios da crítica. O New York Times classificou-o como um concerto “de roubar o fôlego”, apontando a “orquestração incessantemente brilhante” de Adès. O Concerto será interpretado por Gerstein em estreia em Portugal, num programa onde também pontifica A Canção da Terra, o célebre e melancólico ciclo de canções orquestrais de Gustav Mahler. Inspirado em poemas de origem chinesa, medita sobre aspetos essenciais da vida e da natureza e sobre o modo como lidamos com eles ao longo da existência.


Programa

Orquestra Gulbenkian
Hannu Lintu Maestro
Kirill Gerstein Piano
Christa Mayer Meio-Soprano *
Mihails Čuļpajevs Tenor

Thomas Adès
Concerto para Piano e Orquestra (Estreia em Portugal)
1. Allegramente
2. Andante gravemente
3. Allegro gioioso

— Intervalo de 20 min —

Gustav Mahler
Das Lied von der Erde / A Canção da Terra
1. Das Trinklied vom Jammer der Erde (Canção de beber da tristeza da terra)
2. Der Einsame im Herbst (O solitário no outono)
3. Von der Jugend (Da juventude)
4. Von der Schönheit (Da beleza)
5. Der Trunkene im Frühling (O bêbado na primavera)
6. Der Abschied (A despedida)

 

* Por motivo de força maior, Christa Mayer substitui Elena Pankratova.


Guia de Audição


  • Por Sérgio Azevedo

  • Por Sérgio Azevedo

Informação Relacionada

Programa de sala (PDF 489 KB)

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .


Mecenas Principal Gulbenkian Música

Mecenas Orquestra Gulbenkian

Mecenas Concertos para Piano e Orquestra

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.