Novos olhares sobre a presença franciscana na Ásia

Um projeto de investigação apoiado pela Fundação Gulbenkian vai permitir aprofundar o conhecimento da presença dos franciscanos portugueses na Índia entre os séculos XVI e XIX.
Pormenor de Mapa topográfico das Ilhas e Províncias de Goa [1770-1777] © Biblioteca Nacional de Portugal

Intitulado Franciscanos na Ásia: espaços, agentes e documentos (1500-1834), o projeto é integralmente financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e vai também contribuir para esclarecer os contextos socioculturais e políticos das relações entre Portugal e a Ásia nesse período.

Um colóquio recentemente organizado pelo Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa (CEHR-UCP) assinalou a conclusão deste projeto de investigação.

Especialistas nacionais e internacionais debateram as dinâmicas das missões portuguesas e europeias na Ásia, apresentando documentos, percursos biográficos e novas perspetivas de investigação, através de um estudo cruzado da presença patrimonial e humana da Ordem Franciscana na Ásia. Além do reconhecimento e cartografia dos espaços a ela associados, foram também reconstituídos percursos biobibliográficos dos seus agentes, tanto franciscanos, como da ordem das clarissas. Os resultados desta investigação serão em breve publicados.

O levantamento documental e a informação reunida até agora foram integrados numa base de dados, no Portal de História Religiosa do CEHR da Universidade Católica, em acesso aberto.

 

Saber mais
Atualização em 29 março 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.