Mais um ano de exposições de arte no Catálogo Gulbenkian

O catálogo digital que dá a conhecer a História das exposições de arte organizadas pela Fundação Gulbenkian, exclusivamente ou em parceria, foi agora atualizado e até ao final deste ano será possível consultar todas as exposições realizadas até 2021.
Aspeto da exposição "José de Almada Negreiros. Uma Maneira de Ser Moderno", Edifício Sede da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2017. Arquivos Gulbenkian

Recorde-se que este catálogo foi lançado publicamente no ano passado, reunindo todas as exposições entre 1957 e 2016, apresentando um total de 1343 eventos, com cerca 30.000 documentos associados, entre convites, cartazes, cartas, folhetos, etc., e cerca de 20.000 entidades, entre artistas, curadores, emprestadores e organizações parceiras.

Neste momento podem já ser consultadas as exposições realizadas em 2017, sendo que a atualização prosseguirá a um ritmo anual: no final de cada ano estarão disponíveis para consulta todas as exposições realizadas no ano anterior.

Este projeto, pioneiro em Portugal e ímpar a nível internacional, partiu de uma iniciativa de Helena de Freitas em 2013-14, com direção geral de Leonor Nazaré desde 2016 e coordenação editorial de Matilde Corrêa Mendes. Realizado em parceria do Instituto de História de Arte da Universidade Nova de Lisboa, prossegue agora com a participação de Isabel Falcão, investigadora do IHA, integrada desde 2016 na equipa que assegura os trabalhos.

Saber mais
Atualização em 18 maio 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.