João Carvalho Dias

1956, Lisboa, Portugal

Curador do Museu Calouste Gulbenkian; Conservador da Coleção de Livros e Documentos Gráficos Ocidentais do Museu Calouste Gulbenkian; Coordenador da equipa de curadoria (2015 – 2020. Atual diretor adjunto do Museu Calouste Gulbenkian

8 Exposições

Iniciou a sua formação em História da Arte e Literatura Francesa, no Birkbeck College, University of London. É licenciado em História da Arte pela FCSH-UNL, com pós-graduação em História da Arte Contemporânea (FCSH-UNL). É investigador do ARTIS-IHA (Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) na área do colecionismo, tendo concluído a fase curricular do doutoramento em História de Arte da FLUL. Conservador principal, tem a seu cargo os núcleos de livros e documentos gráficos europeus da Coleção Calouste Gulbenkian, sendo responsável por várias comunicações e artigos dedicados a Calouste Gulbenkian e ao seu colecionismo, nomeadamente: «Calouste S. Gulbenkian: O Colecionador que preferiu Portugal, 1942-1955» (revista ARTIS, 2014), «Encadernações Românticas na Coleção de Calouste S. Gulbenkian, 1892-193» (revista ARTIS, 2016) e «Retrato de um Colecionador Apaixonado» (Connaissance des Arts, numéro special, 2016).

Foi coordenador e curador de exposições, entre as quais: «L’Hôtel Gulbenkian, 51 Avenue d’Iéna. Mémoires d’un lieu, Paris» (Delegação em França da FCG, 2011), «Calouste S. Gulbenkian e o Gosto Inglês» (Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, 2015), «Manuela Marques e Versailles» (Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, 2017) e «Praneet Soi. Terceira Fábrica» (Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, 2018).

Foi editor de inúmeros catálogos da Coleção Calouste Gulbenkian e das suas exposições (2000-2014), encontrando-se neste momento a preparar o volume dedicado à Coleção de Manuscritos Europeus.


Entidades Relacionadas


Eventos Paralelos


Publicações


Multimedia


Documentação


Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.