O prisioneiro Mozart

Traction: Ópera na Prisão

Slider de Eventos

Neste recital, os solistas Carla Simões, Inês Constantino, Frederico Projecto e André Henriques juntam-se ao pianista José Brandão e um quarteto de cordas para interpretar árias e momentos de conjunto das óperas Don Giovanni e Così fan tutte, de Mozart, as duas obras mais cantadas no Pavilhão Mozart, ao longo do projeto Ópera na Prisão.

É um momento para celebrar este caminho de novas viagens pela e com a arte, que soma já 10 anos de gestação – o tempo necessário para que Mozart nascesse prisioneiro sob a forma de um espaço criativo dedicado às artes, entre os pavilhões da escola, da saúde, da direção, da chefia dos guardas, e todos os outros, no estabelecimento prisional de Leiria. Assim, os convidados são os solistas cantores que ao longo dos últimos anos se têm juntado aos reclusos e seus familiares para cantar Mozart, que sobem ao palco do Auditório 2 da Fundação Gulbenkian para evocar alguns dos momentos mais marcantes da história do projeto, agora denominado Traction.

Este concerto está integrado na Conferência “Desenvolver Capacidades: repensar o valor social da cultura”.


Programa

Carla Simões Soprano
Inês Constantino Mezzo-Soprano
Frederico Projecto Tenor
André Henriques Barítono
José Brandão Piano

Quarteto de Cordas

André Gaio Pereira Violino 
Tomás Soares Violino
Sergio Sousa Viola
Beatriz Raimundo Violoncelo

W. A. Mozart, Così fan tutte
In uomini! In soldati, sperare fedeltà? (Despina)
Ah guarda sorella (Fiordiligi, Dorabella)
Secondate, aurette amiche (Ferrando, Guglielmo)
Non siate ritrosi occhietti vezzosi (Guglielmo)
Ah scostati… Smanie implacabili che m’agitate (Dorabella)
Il core vi dono, bell’idolo mio (Dorabella, Guglielmo)

W. A. Mozart, Don Giovanni
Ma qual mai s’offre…Fuggi ,crudele, fuggi! (Donna Anna, Don Ottavio)
Dalla sua pace la mia depende (Don Ottavio)
Alfin siam liberati… Là ci darem la mano” (Zerlina, Don Giovanni)
Deh! vieni alla finestra (Don Giovanni)
Non ti fidar, o misera (Donna Anna, Donna Elvira, Don Ottavio, Don Giovanni)
Venite pur avanti / Viva la libertà (Tutti)


A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .


Co-organização

Financiador

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.