Revista #207

Nesta edição, levantamos o pano sobre as duas grandes exposições que abrem portas ao público neste mês de março: Cérebro – mais vasto que o céu (patente de 16 de março a 10 de junho) e Calouste: uma vida, não uma exposição (24 de março a 31 de dezembro), ambras inseridas no programa de comemorações dos 150 anos do nascimento de Calouste Sarkis Gulbenkian.
A primeira guia-nos numa viagem pelo órgão mais complexo do corpo humano, apresentando-o nas suas várias dimensões, em vários seres vivos, da origem à inteligência artificial. Será uma oportunidade de ver neurónios gigantes, vislumbrar a atividade cerebral, assistir a uma orquestra de cérebros, ouvir música original de Rodrigo Leão ou ver um quadro que ilustra como os princípios percetivos por detrás das ilusões óticas foram utilizados pela corrente artística OpArt. Uma exposição inédita e interativa a não perder.
Já em Calouste: uma vida, não uma exposição, acompanha-se antes de mais a dificuldade do curador, Paulo Pires do Vale, em expor a vida de um homem que nunca quis exposição. Depois, percorre-se o caminho que separa Lisboa (onde Calouste morreu) de Istambul (onde nasceu) para se construir uma ideia do que foi Calouste e daquilo que deixou para as gerações seguintes.
Mas esta edição não fala só de exposições. A menos de três meses das eleições para o Parlamento Europeu, também se dá destaque à Europa, ao trabalho que se faz numa das primeiras Academias Gulbenkian Conhecimento, às atividades educativas para a Páscoa, entre outros temas.

Download Newsletter (PDF 1MB)
Atualização em 06 Março 2019