Catchupa Factory – Novos fotógrafos

Residência artística no Mindelo, Cabo Verde

 

Promotor e executor: Associação Olho-de-Gente
Principal financiador: Fundação Calouste Gulbenkian
Localização: Mindelo, São Vicente, Cabo Verde
Beneficiários: Fotógrafos, videastas e artistas emergentes dos PALOP
Duração: 3 anos
Fase do Projeto: Em desenvolvimento
ODS
: 8. Trabalho digno e crescimento económico

A residência artística Catchupa Factory – novos fotógrafos centra-se na fotografia e nas artes visuais com a dupla vertente: artística e educativa.

A primeira edição desta residência envolveu oito fotógrafos, videastas e artistas emergentes de Cabo Verde, Angola e Moçambique que, no final da residência, expuseram os seus trabalhos no Centro Cultural do Mindelo. Ao longo de três semanas, a formadora, Michelle Loukidis, desenvolveu trabalho de campo com os participantes, bem como sessões teóricas em torno da fotografia contemporânea africana.

A Fundação Gulbenkian apoiou as duas primeiras edições do projeto Catchupa Factory – Novos fotógrafos, que teve como objetivo estimular o reconhecimento e a visibilidade internacional do trabalho autoral em fotografia e incentivar a mobilidade de artistas e obras de arte em 2016 e 2017.

Estas iniciativas são da responsabilidade da Associação Cabo-Verdiana AOJE – Associação Olho de Gente que tem como objetivo a divulgação da fotografia e da atividade fotográfica, numa perspetiva de desenvolvimento cultural, social e económico e que organiza programas de educação artística.

Catchupa Factory é uma das quatro residências artísticas vencedoras do concurso lançado pela Fundação Gulbenkian para apoiar, durante três anos, a internacionalização da produção artística, através de Residências nos PALOP, nas áreas das Artes visuais e Dança. 

 

Saiba mais

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para a seguinte meta

 

Meta 8.3

Promover políticas orientadas para o desenvolvimento, que apoiem as atividades produtivas, geração de emprego decente, empreendedorismo, criatividade e inovação, e incentivar a formalização e o crescimento das micro, pequenas e médias empresas, inclusive por meio do acesso a serviços financeiros.