Rede CARE Plus

Alargamento geográfico da rede de apoio especializado a crianças e jovens vítimas de violência sexual 

O Projeto CARE, desenvolvido pela Associação de Apoio à Vítima, tem contado com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian desde a sua criação em Novembro de 2015. Para além do acompanhamento das vítimas, seus familiares e amigos – foco principal desta intervenção – foi possível estabelecer ou reforçar parcerias com a Polícia Judiciária, responsável pela investigação destes crimes, com o Instituto de Medicina Legal, com as perícias legais a cargo, e com o INEM.

Uma componente do projeto é também a formação e capacitação dos técnicos que dão resposta apoio aos jovens e a estruturação de melhores procedimentos para acompanhar estes casos em estreita articulação com todas as entidades envolvidas.

Apesar do crescimento do projeto através do instrumento Parcerias para o Impacto da Portugal Inovação Social, que garantiu a continuidade da intervenção para as regiões Norte, Centro e Alentejo, as regiões com maior incidência de casos (Lisboa, Setúbal, Algarve, e também os Açores e a Madeira), não integram as regiões elegíveis, estando neste momento a descoberto ao nível desta intervenção. 

Assim, a Fundação decidiu apoiar a APAV até 2020 na expansão do projeto para estas regiões e na replicação da campanha de comunicação que a entidade levou a cabo em 2016.