Arshile Gorky no CAM

Dia Internacional dos Museus

No âmbito da celebração do Dia Internacional dos Museus, no passado dia 17 de Maio, o Serviço das Comunidades Arménias e o Centro de Arte Moderna (CAM) elaboraram um programa dedicado ao artista arménio-americano Arshile Gorky, oferecendo ao público uma tarde de arte, música e teatro.

Da parte da manhã, realizou-se a visita-conferência Arshile Gorky um Arménio em Nova Iorque orientada por Ana Vasconcelos, uma das curadoras da exposição Arshile Gorky e a Coleção patente no CAM até dia 31 de Maio 2015. No decorrer da visita, Ana Vasconcelos, eloquentemente percorreu a vida de Gorky. Começando com o seu nascimento na margem do Lago Van, na Arménia, destacou como Gorky sobreviveu ao genocídio arménio, descreveu a sua viagem à terra prometida, a América, analisou o seu desenvolvimento enquanto artista, exibiu o seu relacionamento tumultuoso com o passado e, por fim, relatou as circunstâncias que levaram à sua trágica morte. Diversas obras suas foram analisadas para demonstrar como a sua ascendência arménia o influenciou. Igualmente, foi exposta a sua evolução como artista destacando a importância de Gorky na história do modernismo norte-americano e da arte ocidental do século XX.

Durante a tarde decorreu na galeria do CAM, envolvido por quadros de Gorky, o diálogo performativo Logo à Noite no Lago Van. Os bilhetes esgotaram e vários visitantes reuniram-se à volta do palco improvisado para verem o artista Miguel Horta encarnar a personagem de Gorky e ouvir os talentosos músicos do Dellalian Trio (com a especial participação de Anna Mouradian que tocou piano e o violoncelo).

O Dellalian Trio foi fundando em Lisboa em 1995 pelas duas filhas do compositor Harutim Dellalian e é composto pela pianista Marina Dellalyan, a violinista Nariné Dellalian e o violoncelista Levon Mouradian.

A combinação criativa e harmoniosa da música e da narração cativaram o público e apresentaram o universo de Gorky através de palavras e emoções. O diálogo performativo contou com um alinhamento musical com composições arménias, sendo de destacar a estreia da peça, The Descent of the Dove por Ivan Moody, originalmente criada e dedicada para este agrupamento.

Ainda é possível adquirir bilhetes para as sessões de dia 31 de Maio (data que assinala o encerramento da exposição Arshile Gorky e a Coleção).

Posteriormente o diálogo performativo Logo à Noite no Lago Van será disponibilizado online.

Atualização em 26 Outubro 2016