Rumo à Contabilidade do Capital Natural Azul

Iniciativa Gulbenkian Oceanos
Natural Capital Coalition

A Iniciativa Oceanos (IO) iniciou em Março de 2015 o projeto “Capital Natural Azul – e uma gestão empresarial sustentável” com o objetivo de promover a adoção da contabilidade do capital natural azul pelas empresas da Economia do Mar em Portugal e desta forma acrescentar valor ao tecido empresarial, assegurando a sustentabilidade ambiental e económica das suas atividades.

Depois de terminada uma fase de consciencialização sobre a importância de reconhecer o valor económico do capital natural, a IO iniciou em janeiro de 2016 uma nova fase deste projeto: “Rumo à Contabilidade do Capital Natural Azul” cujo objetivo é apoiar as empresas a compreender concretamente quais as oportunidades, riscos e o valor associados às interdependências entre os ativos naturais e as suas atividades económicas e como implementar projetos e políticas de gestão sustentável com vista a minimizar riscos e maximizar oportunidades de negócio.

Assim, a Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) tornou-se membro da Natural Capital Coalition (NCC), uma plataforma global que reúne diferentes organizações que se dedicam a trabalhar sobre o capital natural. Salienta-se que a NCC está a desenvolver o Natural Capital Protocol (NCP), uma ferramenta-padrão que apoia empresas de diferentes setores a contabilizar e valorar as interdependências entre a atividade empresarial e o capital natural ao longo de toda a sua cadeia de valor.

A Iniciativa Oceanos espera alavancar os resultados do seu projeto através da adoção do NCP por diferentes empresas da Economia do Mar, mais especificamente empresas dos setores da Alimentação (aquacultura e retalhistas), energias renováveis e biotecnologia marinha.

O projeto terminará em 2017, altura em que a IO publicará um relatório com os casos de estudo das empresas portuguesas que adotaram, com sucesso, uma estratégia de gestão sustentável do capital natural azul.

Atualização em 25 outubro 2016

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.